Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS valoriza no mercado suíço após anunciar corte de 10 mil postos de trabalho

O UBS segue a valorizar no mercado bolsista suíço depois de se ter sido noticiado que o maior banco suíço planeia despedir 10 mil trabalhadores.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 29 de Outubro de 2012 às 12:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O maior banco suíço planeia despedir 10 mil trabalhadores, devido à queda do negócio de corretagem, segundo a Bloomberg que cita uma fonte não identificada. O anúncio deverá ocorrer esta terça-feira, dia em que se apresentam os resultados do banco, referentes ao terceiro trimestre de 2012. Apesar disto as acções do banco seguem a valorizar 0,58% para 12,81 euros por acção, no mercado bolsista suíço.

Várias operações para reduzir custos deverão ser operadas no UBS e provavelmente em vários trimestres.

Um plano de reestruturação do banco tem sido desenvolvido pelo CEO Sérgio Ermotti, depois dos reguladores suíços terem pressionado o UBS e o Credit Suisse a aumentarem o capital e a reduzirem as operações de corretagem e o investimento em operações bancárias.

Como outros bancos o UBS tem tentado impulsionar a rentabilidade, apesar da diminuição das operações com clientes e de corretagem.

No final de Junho, o banco tinha perto de 63 mil trabalhadores, representando este corte uma redução de, aproximadamente, 16% da equipa.

Christopher Whheler analista da Mediobanca, afirmou à Bloomberg que “o mercado deverá receber bem” o facto de que o UBS esteja a “enfrentar a realidade de que não é líder de mercado em títulos de rendimento fixo”.





Ver comentários
Saber mais UBS banca despedimentos
Outras Notícias