Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS prevê petróleo sempre a subir até 2011

A UBS reviu em alta as suas previsões para o preço do petróleo cotado em Londres para os próximos anos, o que resultou numa revisão em alta das avaliações das companhias petrolíferas. Para a Galp Energia, a UBS subiu o preço-alvo de 12,60 para 14,50 euros

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 20 de Novembro de 2007 às 15:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A UBS reviu em alta as suas previsões para o preço do petróleo cotado em Londres para os próximos anos, o que resultou numa revisão em alta das avaliações das companhias petrolíferas. Para a Galp Energia, a UBS subiu o preço-alvo de 12,60 para 14,50 euros.

Numa nota de "research" de hoje, o banco estima um preço médio do petróleo brent de 71 dólares por barril este ano, acima dos 67 dólares anteriormente previstos. A estimativa para 2008 subiu de 65,5 para 74 dólares e a de 2008 aumentou de 60 para 74 dólares.

Em 2007 o brent apresenta um preço médio de 70,28 dólares. Hoje o barril está a subir 2,05% para 94,17 dólares, perto de máximos históricos.

A UBS adiantou pela primeira vez novas estimativas para os preços do brent no período 2010-2011. O banco prevê que o preço do barril se situe nos 75 dólares em 2010 e nos 78 dólares no ano seguinte.

Com estas previsões, o banco de investimento está a antever que a matéria-prima, apesar de já estar a negociar em máximos históricos, mantenha uma trajectória ascendente ao longo dos próximos quatro anos.

Além de rever em alta o preço anual do petróleo, a UBS subiu a sua estimativa para a cotação "normalizada de longo prazo" do brent. Passa para 73 dólares em 2012, contra os 50 dólares previstos para 2010.

Para as cotadas, esta previsão é ainda mais relevante, pois é este o preço de referência que a UBS utiliza para avaliar as cotadas do sector.

Além de outros ajustamentos às suas previsões para o sector, estas novas estimativas levaram a UBS a rever em alta as previsões de resultados para as petrolíferas.

No caso da Galp Energia, o lucro por acção de 2007 foi revisto em alta de 2%, o de 2008 em 1%, o de 2009 em 6%, o de 2010 em 36% e o de 2001 em 28%.

Em resultado, a UBS chegou a uma nova avaliação da Galp Energia, tendo melhorado o preço-alvo de 12,60 para 14,50 euros. A recomendação é de "neutral".

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias