Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Union Fenosa entra em Portugal no gás em parceria com a ENI

A Union Fenosa (UF), segundo maior operador de gás de Espanha com uma quota de 15%, quer começar a comercializar gás em Portugal ainda este ano. "Estamos a ultimar o processo para apresentar à DGEG o pedido de comercializador de gás natural em Portugal",

Tânia Ferreira tf@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2008 às 13:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Union Fenosa (UF), segundo maior operador de gás de Espanha com uma quota de 15%, quer começar a comercializar gás em Portugal ainda este ano. "Estamos a ultimar o processo para apresentar à DGEG o pedido de comercializador de gás natural em Portugal", anunciou esta manhã o administrador da UF em Portugal, Luis Dias Lopez.

O gestor revelou ainda que a parceria que a UF tem no gás com os italianos da ENI – accionista de referência da incumbente Galp Energia com 33% – vai ser alargada a Portugal, já que "a nossa aliança é para a Península Ibérica".

A relação accionista da ENI com a Galp não vai implicar uma aproximação da UF à petrolífera portuguesa. Dias Lopez esclareceu que "a Galp vai ser nossa concorrente no gás, até porque a parceria que a ENI tem para Portugal com a Galp é sobretudo para os petróleos".

Sem querer avançar com números, o administrador da Fenosa acredita que a empresa está em condições de ter uma "forte quota de mercado, tendo todas as condições para triunfar a nível ibérico, sem fazer esforços adicionais".

Dias Lopez salientou que "já temos gás [vindo do Egipto], agora só falta que existam condições tarifárias, tanto de acesso às infra-estruturas, como de venda aos consumidores".

Ontem, a Gas Natural anunciou que já tem licença de comercializador de gás natural em Portugal, tendo avançado depois ao Jornal de Negócios Online que pretende "uma quota de 5% do mercado nacional, nos próximos anos".

O Jornal de Negócios Online apurou ainda que também a Endesa já tem a respectiva licença.

Mais lidas
Outras Notícias