Bolsa Wall Street em alta a digerir novos dados económicos

Wall Street em alta a digerir novos dados económicos

As bolsas norte-americanas abriram em terreno positivo, num dia em que os investidores estão a digerir os mais recentes dados económicos e mantêm a expectativa de um bom rumo nas negociações comerciais EUA-China. Isto numa altura em que o fantasma de uma destituição de Trump ainda paira, mas sem ensombrar verdadeiramente o sentimento nos mercados.
Wall Street em alta a digerir novos dados económicos
Reuters
Carla Pedro 27 de setembro de 2019 às 14:43

O Dow Jones segue a somar 0,25% para 26.958,82 pontos e o Standard & Poor’s 500 ganha 0,21% para 2.983,62 pontos.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite avança 0,07% para 8.036,11 pontos.

 

As bolsas do outro lado do Atlântico estão assim a ganhar terreno num dia em que os novos indicadores económicos - inflação e gastos dos consumidores – sinalizam um arrefecimento da economia norte-americana, o que reforça a convicção de que a Fed deverá cortar pelo menos mais uma vez os juros diretores este ano (já o fez duas vezes em 2019, depois de 10 anos e meio sem os descer).

 

A garantia dada pela Reserva Federal norte-americana de que está pronta a atuar se for necessário (se houver uma debilitação da economia do pais) continua assim a tranquilizar os investidores.

 

Por outro lado, apesar de haver expectativas de um rumo positivo na nova ronda de conversações comerciais entre Washington e Pequim, que arrancará em outubro, há um fator a pesar: os relatos de que os EUA não deverão prolongar o regime de exceção dado às empresas norte-americanas e que lhes permite fornecerem a chinesa Huawei.

Já a prever isso, o presidente da tecnológica chinesa garantiu ontem que a Huawei já está a produzir terminais de 5G sem qualquer componente norte-americana e que pretende mais do que duplicar a produção no próximo ano.

 

Uma outra frente, a nível político, tem estado também no centro das atenções: o processo de destituição do presidente dos EUA, Donald Trump, pedido pela maioria democrata na Câmara dos Representantes. No entanto, têm sido menores os receios em torno deste processo de impeachment de Trump, e isto porque a destituição é decidida no Senado, que é de maioria republicana.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI