Bolsa Wall Street em alta com investidores de olhos postos na Fed

Wall Street em alta com investidores de olhos postos na Fed

Os juros das obrigações do Tesouro dos EUA estão a descer pela segunda sessão consecutiva, o que está a animar as bolsas, num dia em que vários responsáveis da Fed falam sobre política monetária.
Wall Street em alta com investidores de olhos postos na Fed
EPA
Carla Pedro 23 de fevereiro de 2018 às 14:38

O Dow Jones abriu a sessão desta sexta-feira a subir 0,75%, para se fixar nos 25.148,58 pontos, e o Standard & Poor’s 500 segue a mesma tendência, a somar 0,70% para 2.722,77 pontos.

 

Também o tecnológico Nasdaq Composite segue no verde, a ganhar 0,72%, para 7.261,24 pontos.

Depois das ligeiras quedas de terça e quarta-feira (na segunda-feira as bolsas norte-americanas estiveram encerradas em comemoração do nascimento do primeiro presidente do país, George Washington) – devido, respectivamente, à pressão negativa da Walmart e às actas da Fed que apontam para um reforço da normalização da política monetária –, a sessão de ontem já foi positiva e a de hoje segue o mesmo movimento.

 

A contribuir para este bom desempenho está sobretudo o facto de as obrigações do Tesouro a 10 anos terem regressado às quedas ontem e hoje – depois de na quarta-feira terem disparado para perto de 3% –, o que ajuda a animar o investimento em acções.

Os investidores estão também atentos aos discursos de responsáveis da Reserva Federal esta sexta-feira. O presidente da Fed de Nova Iorque, William Dudley, a da Fed de Cleveland, Loretta Mester, e da Fed de São Francisco, John Williams, falam hoje sobre política monetária, o que poderá trazer mais luzes sobre o rumo da subida dos juros.

 

"Neste momento, as pessoas estão a prestar mais atenção aos discursos dos responsáveis da Fed porque Janet Yellen saiu e é Jerome Powell quem está agora com as rédeas", comentou à Reuters um estratega da Charles Schwab em Austin, Randy Frederick.

O sector tecnológico está a dar gás às bolsas, com destaque para a Hewlett Packard Entreprise, que segue a disparar 9,56% para 18 dólares depois de ter reportado resultados trimestrais acima das expectativas e anunciado um plano para distribuir sete mil milhões de dólares aos accionistas no final do ano fiscal de 2019.






A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
pub