Mercados Wall Street na expectativa e de olhos postos na reunião da Fed

Wall Street na expectativa e de olhos postos na reunião da Fed

Os mercados dos EUA abriram a sessão em queda ligeira, antes do final da reunião de dias dias da Reserva Federal do país. São esperados novos cortes de juros, mas os investidores esperam por mais sinais.
Wall Street na expectativa e de olhos postos na reunião da Fed
Reuters
Gonçalo Almeida 17 de setembro de 2019 às 14:39
Os principais mercados de Wall Street abriram a sessão desta terça-feira, 17 de setembro, a negociar em queda ligeira, com os investidores a retraírem-se antes da reunião de dois dias da Reserva Federal dos EUA, que vai terminar amanhã, com uma conferência de imprensa do seu presidente Jerome Powell. 

O Dow Jones cai 0,26% para 27.005,66 pontos, o Standard & Poor’s 500 perde 0,12% para 2.994,25 pontos e o tecnológico Nasdaq Composite desvaloriza 0,03% para 8.151,16 pontos.

É esperado que Powell adiante um novo corte nas taxas de juro, para fazer face ao abrandamento económico registado no último ano, enquanto a guerra comercial com a China agudizava os receios de uma possível recessão na maior economia do mundo. 

Segundo os analistas questionados pela Bloomberg, existem 65,8% de hipótese de um corte por parte da Fed, abaixo dos 88,8% na sexta-feira passada.

"Não vimos que o que aconteceu no fim de semana tenha gerado pânico nos mercados. Acho que a Fed continuará com um corte na taxa de juro, mesmo após o ataque saudita", disse Peter Cardillo, analista da Spartan Capital Securities, em Nova Iorque, à agência de notícias. 

Desde o último corte nas taxas de juro, em Julho, a saúde da economia do país tem piorado. Apesar dos fortes dados do emprego e das vendas a retalho, a guerra comercial com a China pressionou o sentimento da indústria e dos negócios. 

Em Outubro estão agendadas novas negociações entre as duas maiores economias do mundo, mas ainda sem qualquer acordo entre os dois lados.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI