Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street encerra a valorizar com Apple a ganhar mais de 3%

A Apple liderou as valorizações no Nasdaq e ganhou 3,07%, contrariando a queda da sessão anterior, quando a apresentação dos dois novos modelos iPhone e o Apple Watch não convenceu os investidores.

Reuters
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 10 de Setembro de 2014 às 21:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Wall Street encerrou a sessão desta quarta-feira, 10 de Setembro, em terreno positivo. O índice S&P 500 - onde estão as 500 maiores cotadas dos Estados Unidos - registou uma subida de 0,32% para 1.994,87 pontos.

 

O Dow Jones fechou a ganhar 0,32% para 17.068,68 pontos. A McDonald's liderou os ganhos, com uma subida de 2,04%. Destaque também para as valorizações do banco Goldman Sachs (1,32%), da Visa (1,23%) e da Johnson & Johnson (1,22%).

 

O índice tecnológico Nasdaq encerrou a somar 0,75% para 4.586,523 pontos. A Apple liderou as valorizações e ganhou 3,07%, contrariando a queda da sessão anterior, quando a apresentação dos dois novos modelos iPhone e o Apple Watch não convenceu os investidores devido ao facto de não trazer novidades face ao que era esperado.

 

"Está tudo a olhar para a Apple. É um mercado dominado pela Apple, especialmente numa semana onde não há muitos dados macroeconómicos a saírem", disse à Bloomberg Matt Maley, estratega da Miller Tabak & Co.

 

Também a Amazon (0,48%), Facebook (0,99%) e Google (0,36%) fecharam em terreno positivo no Nasdaq.

 

Nos Estados Unidos, os mercados estão à espera que sejam divulgados dados económicos esta semana a comprovarem que os pedidos de subsídios de desemprego caíram, que as vendas de retalho aumentaram e que a confiança dos consumidores está a subir.

 

A verificarem-se estas expectativas, os investidores estão agora preocupados que a Reserva Federal norte-americana possa vir a aumentar as taxas de juros mais cedo do que o previsto. "A preocupação actual é se a Reserva Federal vai mudar o seu timing de subida das taxas de juro", disse à Bloomberg o analista Dan Very da Palisade Capital Management.

 

"Não vale a pena tentar perceber ser as taxas vão subir. Simplesmente preparamo-nos para quando esse dia chegar", acrescentou.

Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsas Estados Unidos Nasdaq Dow Jones S&P 500 Apple
Mais lidas
Outras Notícias