Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street segue Europa e recupera de maior queda do ano

Bolsas norte-americanas beneficiam com resultados acima do esperado e o negócio que visa retirar a Dell de Bolsa.

Negócios 05 de Fevereiro de 2013 às 14:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas negoceiam em alta, a recuperar da queda verificada na última sessão e a acompanhar o movimento de alta das principais praças europeias, devido ao alívio das tensões políticas no continente.

 

O Dow Jones sobe 0,49% para 13.949,9 pontos e o Nasdaq avança 0,22% para 3,138,2 pontos.

 

Ontem os índices norte-americanos registaram a queda mais pronunciada do ano, devido à subida das “yields” da dívida pública dos países periféricos do ano, em resultado dos receios com o resultado das eleições legislativas em Itália e as pressões para Mariano Rajoy se demitir do cargo de primeiro-ministro espanhol.

 

Hoje os mercados europeus estão em alta e nos Estados Unidos os índices beneficiam com o facto de as cotadas de Wall Street continuarem a apresentar resultados acima do esperado. E também com vários negócios empresariais, hoje anunciados.  

 

A Dell vai mesmo sair de bolsa, depois de ter sido alcançado um acordo que determina que o presidente da tecnológica, Michael Dell, e o “private equity” Silver Lake paguem 24,4 mil milhões de dólares pela companhia. O preço da oferta é de 13,65 dólares e as acções estão suspensas em bolsa.

 

Também foi hoje noticiado que a Virgin Media iniciou negociações com a Liberty Global, com vista a uma possível união entre as companhias. As acções da britânica Virgin Media avançam 16%.

 

Para definir uma tendência, os investidores aguardam a divulgação do indicador que mede a evolução do sector dos serviços, que está agendado para as 15h00.

Ver comentários
Saber mais Wall Street Dow Jones Nasdaq
Outras Notícias