Bolsa Yellen leva Wall Street a encerrar no verde. S&P 500 marca novos máximos

Yellen leva Wall Street a encerrar no verde. S&P 500 marca novos máximos

Os principais índices bolsistas dos Estados Unidos encerraram no verde, após o discurso da nova presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos. Durante a sessão, o índice S&P 500 marcou um novo recorde.
Yellen leva Wall Street a encerrar no verde. S&P 500 marca novos máximos

Os principais índices bolsistas norte-americanos encerram em terreno positivo. O Nasdaq fechou a somar 0,63% para os 4.318,934 pontos, o Dow Jones avançou 0,46% para 1.6272,33 pontos  e o S&P 500 valorizou 0,5% para 1.854,34 pontos. Durante a sessão, este índice tocou nos 1.858,71 pontos, o valor mais elevado de sempre.

 

O sentimento dos investidores foi animado pelo discurso da nova presidente da Reserva Federal (Fed) dos Estados Unidos. Janet Yellen afirmou que a política expansionista conduzida pela Fed é para continuar, embora a autoridade a que preside continue a reduzir o montante das compras mensais de obrigações, na comissão de banca do Senado. Ainda assim, a responsável admitiu alterar a estratégia de redução da compra de activos caso a economia dê sinais de enfraquecimento.

 

A Fed reduziu o montante de compra de obrigações pela primeira vez em Dezembro e as compras de obrigações deverão terminar no Outono. O impacto da política expansionista tem sido atrasado pela política orçamental, disse, contudo o efeito orçamental será mitigado ao longo do ano.

 

“A pressão deverá diminuir substancialmente durante o corrente ano mas, ainda assim, existe alguma pressão”, referiu. “Claro que os resultados da política monetária têm sido mais lentos devido à política orçamental”.

 

A presidente da Fed disse ainda que o tempo anormalmente frio estará a atrasar a recuperação da maior economia do mundo. O impacto das condições climatéricas na retoma é difícil de quantificar.

 

No sector financeiro, o Bank of America apreciou-se em 0,77% para 16,455 dólares, o Goldman Sachs somou 1,35% para 165,00 dólares e o JP Morgan cedeu 0,33% para 56,56 dólares.

 

A Google também encerrou do lado das perdas, a recuar 0,08% para os 1.219,21 dólares. O Facebook deslizou 0,46% para 68,94 dólares. Já a Apple avançou 1,99% para 527,67 dólares e a Yahoo cresceu 2,26% para 38,47 dólares.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI