Fundos de investimento Portugueses retiram 60 milhões dos fundos em Fevereiro

Portugueses retiram 60 milhões dos fundos em Fevereiro

O ambiente de turbulência nos mercados determinou mais um mês de resgates nos fundos nacionais. Os investidores retiraram destes produtos mais de 60 milhões de euros em Fevereiro.
Portugueses retiram 60 milhões dos fundos em Fevereiro
Bloomberg
Patrícia Abreu 21 de março de 2016 às 11:18

À semelhança do que já tinha acontecido em Janeiro, os investidores voltaram a tirar dinheiro dos fundos no mês passado. Os portugueses retiraram destes produtos de poupança mais de 60 milhões de euros, perante o clima de instabilidade nos mercados.

As subscrições atingiram 364,6 milhões de euros, enquanto os resgates atingiram os 424,9 milhões de euros, o que perfaz um saldo negativo de 60,3 milhões de euros, segundo o relatório mensal da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património (APFIPP), divulgado esta segunda-feira, 21 de Março.

Após mais este mês de subscrições negativas, os resgates atingiram os 212,4 milhões apenas nos dois primeiros meses do ano. Este desinvestimento surge num período marcado pela forte volatilidade nos mercados financeiros devido à crise na China e aos receios de uma recessão na economia global.

Os fundos de investimento alternativo (FIA) monetário foi a categoria que liderou as saídas. A classe perdeu 21,2 milhões de euros, seguida pelos fundos de obrigações taxa indexada euro, onde os resgates somaram 18,9 milhões de euros.

Do lado dos produtos que conseguiram captar investimento, a escolha dos investidores permanece focada em produtos de baixo risco. Os FIA de curto prazo lideram as entradas, ao receberem 20,3 milhões de euros.

Já os fundos de mercado monetário euro e os FIA monetário curto prazo captaram 20,1 milhões e 7,2 milhões de euros, com os investidores a privilegiarem a aposta em produtos sem exposição ao mercado accionista, apesar das rendibilidades praticamente nulas desde o início do ano.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI