Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundos de pensões portugueses com rendibilidade negativa de 1,6% em Janeiro

Os fundos de pensões portugueses apresentaram uma rendibilidade negativa em Janeiro, pressionados pelas desvalorizações dos mercados accionistas.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 01 de Fevereiro de 2008 às 14:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os fundos de pensões portugueses apresentaram uma rendibilidade negativa em Janeiro, pressionados pelas desvalorizações dos mercados accionistas.

De acordo com as estimativas da Mercer Consulting, os fundos de pensões portugueses registaram uma rendibilidade média negativa de 1,6% em Janeiro, "devido à má performance da classe de acções".

No primeiro mês do ano as acções registaram uma queda de 9,8%, com as acções europeias a descerem 11,55% e as outras acções estrangeiras a depreciarem 7,4%.

Quanto às outras classes, as obrigações geraram uma rendibilidade positiva de 1,6% e o imobiliário valorizou 0,4%.

"A má performance dos mercados accionistas teve impacto na aversão ao risco, os investidores optaram por obrigações como activo de refúgio, observando-se também um fenómeno de ‘flight to quality’ (opção por obrigações de rate mais elevado)" refere o relatório da Mercer.

Outras Notícias