A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Património dos fundos nacionais cai 5% em Janeiro

O património dos fundos de investimento nacionais já só vale pouco mais de 10 mil milhões de euros, depois de ter sofrido nova perda de 5% em Janeiro, segundo os dados da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), divulgados hoje.

Patrícia Silva Dias patriciadias@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2009 às 19:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O património dos fundos de investimento nacionais já só vale pouco mais de 10 mil milhões de euros, depois de ter sofrido nova perda de 5% em Janeiro, segundo os dados da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), divulgados hoje.

Os fundos portugueses perderam, em termos absolutos, 527 milhões de euros no mês passado, estando as carteiras agora avaliadas em 10.008,2 millhões euros. Já os Fundos Especiais de Investimento (FEI) registaram uma tendência positiva, ao aumentarem o seu património em 0,6% para os 3.808,7 milhões de euros.

Os gestores nacionais cortaram no investimento nas cotadas nacionais, o qual desceu 8,3% no último mês. O Banco Espírito Santo (BES) foi a principal aposta na bolsa nacional, representando acima de 12% do património global.

Janeiro foi ainda assinalado pela fusão de 14 fundos de investimento geridos pela Espírito Santo Activos Financeiros (ESAF), a segunda maior sociedade gestora nacional com uma quota de 20%. O mercado voltou a ser liderado pela Caixagest, com uma quota de 25,7%.

Ver comentários
Outras Notícias