Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugueses investiram mais de 300 milhões nos fundos em Novembro

Os investidores portugueses aceleraram as aplicações em fundos de investimento, no penúltimo mês do ano. Os fundos mais conservadores continuam a liderar as apostas dos aforradores.

Reuters
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 18 de Dezembro de 2015 às 11:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Com o final do ano a aproximar-se os investidores nacionais estão a rever as suas aplicações de poupança. Apenas no último mês, os portugueses investiram perto de 306 milhões de euros em fundos de investimento.

Os fundos terminaram o mês de Novembro com um volume de resgate de 396,6 milhões de euros, tendo ainda sido registados reembolsos no valor de 1,5 milhões devido à liquidação de um fundo, elevando para 398,1 milhões de euros. Já as subscrições ascenderam a 703,9 milhões de euros, o que perfaz um saldo mensal positivo de 305,8 milhões de euros, segundo os dados divulgados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património (APFIPP).

Apesar do volume de entradas registado no mês, o balanço no acumulado do ano ainda é negativo. Desde o início de Janeiro, a indústria perdeu 19 milhões de euros.

Os fundos de investimento alternativo de mercado monetário foram a categoria que captou mais investimento. Recebeu 82,6 milhões de euros no mês. Já os PPR, uma das classes de activos que têm suscitado maior interesse por parte dos investidores nos últimos anos, captaram 79 milhões de euros, elevando para 321,6 milhões de euros o valor das entradas em 2015.

O valor sob gestão dos fundos aumentou 3,3%, em Novembro, para 11.707,6 milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais fundos APFIPP subscrições resgates investimento investidores
Outras Notícias