Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugueses já investiram mais de 839 milhões de euros nos fundos em 2014

Os portugueses investiram 65,5 milhões de euros nos fundos, em Maio, com os investidores confiantes na evolução dos mercados financeiros.

Miguel Baltazar
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 16 de Junho de 2014 às 15:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Os portugueses voltaram a confiar as suas poupanças aos fundos de investimento geridos por entidades nacionais, em Maio. Estes produtos recolheram 65,5 milhões de euros no mês passado, elevando para 839,2 milhões de euros, o valor das subscrições líquidas no acumulado do ano.

 

Os investidores nacionais aplicaram 1.034,3 milhões de euros, enquanto os resgates somaram 968,8 milhões de euros, o que perfaz um saldo positivo de 65,5 milhões, segundo o relatório mensal da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) divulgado esta segunda-feira.

 

Após um longo período a evitar este tipo de activos de maior risco, os aforradores portugueses têm vindo a reforçar a aposta nos fundos. Em 2014, estes produtos de poupança recolheram capital todos os meses.

 

Os fundos de fundos predominantemente obrigações foram a categoria que captou mais investimento, ao recolher 63,8 milhões de euros. Já os fundos de mercado monetário euro fechou Maio com subscrições líquidas de 35 milhões de euros.

 

Ainda que sejam os fundos mais conservadores a recolher a maior parcela de investimento, também as acções foram alvo de interesse. Os fundos de acções da América do Norte e os fundos de acções nacionais captaram 2,6 e 2,3 milhões de euros, respectivamente.

 

O montante sob gestão cresceu 0,9%, face ao mês anterior, para os 13.356,9 milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais Fundos APFIPP investimento relatório
Outras Notícias