Cartões com saldo limitado

São recarregáveis e anunciados pelos bancos como uma boa ideia para limitar as despesas em viagem ou na Internet. Destinados, sobretudo, a um público-alvo mais jovem, os cartões pré-pagos são sugestões para prendas de aniversário, gestão de mesadas ou para...
Jornal de Negócios
pub
Ana Pimentel 15 de abril de 2010 às 09:29


Carregam-se com o montante que desejar e quando precisar. São uma nova forma de limitar as suas despesas. Bem-vindo ao mundo dos cartões bancários pré-pagos.
São recarregáveis e anunciados pelos bancos como uma boa ideia para limitar as despesas em viagem ou na Internet. Destinados, sobretudo, a um público-alvo mais jovem, os cartões pré-pagos são sugestões para prendas de aniversário, gestão de mesadas ou para passagens de ano lectivo. "Há alguns produtos no mercado que, por não obrigarem a que o cliente tenha conta no banco emissor do cartão, podem funcionar como cartões-presente", explica Susana Albuquerque, secretária-geral da ASAC - Associação de Instituições de Crédito Especializado.
Os jovens não são os únicos visados desta oferta. Apesar de serem o seu cliente de "eleição", estes cartões também ajudam adultos, que gastam apenas o dinheiro que têm, "ao contrário do que acontece com os cartões de crédito tradicionais".
"Os cartões pré-pagos são um instrumento de pagamento muito útil, pois permitem o controlo de gastos - têm um 'plafond' previamente definido - e a segurança dos utilizadores, que não necessitam de andar com dinheiro", explica Susana Albuquerque. Também podem funcionar como um bom instrumento de educação financeira: permitem ao adolescente limitar as duas despesas, consultar os extractos, aprender a utilizar a rede multibanco, fazer pagamentos na Internet, entre outros. Assim, os pais conseguem monitorizar os gastos dos filhos, podendo, inclusive, sugerir alterações.
"No entanto, uma desvantagem da maior parte destes cartões é que não permite poupança", diz Susana Albuquerque. Na pesquisa efectuada pelo Negócios, apenas a Caixa Geral de Depósitos oferecia esta possibilidade: poupar. Tal como acontece com outros tipos de cartões, o consumidor deve ter alguns cuidados antes de adquirir um pré-pago. "O facto de ser um instrumento de uso fácil não deve, em caso algum, impulsionar aos gastos desnecessários e excessivos", comenta.
Sete ofertas em análise
O Negócios pesquisou nos sítios de 19 bancos a operar em Portugal e encontrou quatro instituições que comercializam estes produtos: Caixa Geral de Depósitos, Banco Espírito Santo, Crédito Agrícola e Santander Totta. O BBVA e o Montepio informaram que incorporarão esta oferta em breve.
Os pré-pagos são mais seguros em caso de roubo e "afiguram-se como o instrumento ideal para as compras na Internet e para as viagens para o exterior", explica fonte oficial da CGD. Permitem a realização de vários pagamentos, o acesso aos serviços automáticos dos bancos, para consultas e carregamentos, e ao serviço multibanco. São recarregáveis pelo "multibanco", nas agências dos bancos ou nos serviços directos.
A CGD tem disponível a funcionalidade de carregamentos automáticos, que permite agendar um carregamento periódico. Além disso, disponibiliza o LOL Júnior, que tem restrições de utilização a 30 euros por dia. Este cartão ganhou o prémio de "Melhor Cartão pré-pago", nos Oscards, promovidos pela Publi News de Paris, em Dezembro de 2009. "Trata-se de um cartão que combina a segurança da utilização de dinheiro para os gastos do dia-a-dia com a aprendizagem de hábitos de poupança", comenta fonte oficial da CGD.
Os pré-pagos da Caixa foram desenvolvidos para disponibilizar um produto mais orientado para determinados segmentos: jovens, juniores, clientes estrangeiros residentes em Portugal, clientes nacionais com família a residir no estrangeiro e para os clientes em geral.
O Crédito Agrícola também apostou no BeFree, porque é adaptável às diversas necessidades dos clientes. "Podemos dizer que o BeFree reúne condições e características muito próprias para este segmento tão específico [jovem], embora esteja também apto para outros segmentos, uma vez que é um cartão recarregável e permite liberdade de gestão do seu dinheiro", diz fonte oficial do departamento de meios electrónicos de pagamento da Caixa Central de Crédito Agrícola.
Já o BES comercializa o YO! Card, um cartão para jovens entre os 10 e os 21 anos, que tem uma parceria com a TMN. Além deste, disponibiliza aos fãs de futebol a possibilidade de adquirirem o cartão Selecção Nacional Portugal, um produto que tem duas vertentes: pré-paga e de crédito. Para as empresas, o BES disponibiliza o Conta Cartão e Cartão à la Card. "A aposta nestes produtos vem desde 2003 até aos dias de hoje", explica fonte oficial do BES. O YO! Card surgiu para oferecer uma solução de meio de pagamentos para jovens e pais, permitindo que estes paguem a mesada aos filhos através do cartão.
O Santander Totta também entra na corrida com os seus cartões recarregáveis, que não cobram anuidades nem têm carregamentos obrigatórios. Mais: não se dirigem a um segmento específico. Pode conhecer as suas especificidades nas caixas ao lado.
Tome Nota
Saiba que cuidados deve ter ao subscrever um cartão recarregável.
Mais de 11 anos A ASFAC não aconselha os cartões pré-pagos para crianças com idade inferior a 11 anos. O dinheiro "real" é o melhor aliado na aprendizagem da gestão do dinheiro.
"Check-up" financeiro Antes de adquirir um cartão pré-pago, analise a sua capacidade financeira. Como acontece na adesão a qualquer tipo de cartão, é importante que tenha consciência da sua capacidade financeira.
Consumo controlado Apesar de ser um cartão de utilização fácil e independente de contas bancárias, não aproveite as suas características para impulsionar gastos desnecessários e excessivos.


Escolha um e basta recarregar
Os cartões pré-pagos permitem que controle melhor as suas despesas, mas não são uma oferta recorrente do mercado. O Negócios encontrou apenas sete produtos, pertencentes a quatro instituições. Outras duas anunciaram o seu lançamento para breve. Dos cartões encontrados, três dirigem-se exclusivamente ao segmento mais jovem. E ainda há um específico para os fãs do futebol. Conheça as suas características.
Cartão PRO
Caixa Geral de Depósitos
É um cartão da rede Mastercard, para clientes com mais de 26 anos, com conta à ordem na Caixa. Tem uma utilização limitada do seu saldo, permitindo controlar melhor as despesas. É personalizado com o nome do cliente e indica os dados para carregamento (entidade e referência) no verso. Estes são flexíveis: entre cinco euros de montante mínimo e dois mil euros de máximo. É válido durante três anos e renovado automaticamente. Pode reforçar o saldo do cartão em qualquer altura no serviço Caixautomática, na rede Multibanco, no Caixadirecta ou em qualquer agência da Caixa. Mas também pode agendar um carregamento mensal (no dia 30 de cada mês) com um montante escolhido por si, entre cinco e dois mil euros.

Anuidade 6,73 euros
Nota É um cartão exclusivo para adultos, com mais de 26 anos. Permite fazer carregamentos até dois mil euros. Contudo, paga uma anuidade de 6,73 euros e tem de ter uma conta à ordem na Caixa.

Cartão LOL
Caixa Geral de Depósitos
Os jovens entre os 15 e os 25 anos podem gerir as sua mesadas com o cartão LOL, mas precisam de ter uma conta à ordem na CGD. A sua utilização é limitada aos fundos carregados e os dados para o carregamento (entidade e referência) encontram-se no verso do mesmo. Os montantes variam entre os cinco euros (mínimo) e os 500 euros (máximo). É válido durante três anos e renovável automaticamente. O saldo pode ser reforçado em qualquer altura no Serviço Caixautomática, na rede Multibanco, no Caixadirecta on-line e nas agências da CGD. Pode agendar um carregamento automático ao dia 30 de cada mês, com um valor escolhido por si, que pode variar entre cinco e 500 euros.
Anuidade 2,88 euros
Nota Tem uma funcionalidade específica: a de poupança. O valor da mesada não gasto vai sendo guardado automaticamente e quando acumular 25 euros, é transferido para a conta CaixaProjecto que lhe está associada. Para poder utilizar esta função tem de dispor da opção de carregamentos agendados. Esta funcionalidade é opcional e pode ser activada ou desactivada em qualquer agência. Para ter este cartão, precisa de ter uma conta à ordem na CGD.

Cartão LOL Júnior
Caixa Geral de Depósitos
Disponível para crianças a partir dos dez anos. Deve ser solicitado pelos pais ou encarregados de educação, responsáveis pela sua utilização. O LOL Júnior tem uma utilização limitada ao valor pré-carregado e não pode ultrapassar os 30 euros por dia. Todas as transacções obrigam-no a utilizar o número de identificação pessoal. Quando o saldo acabar, pode ser carregado com um mínimo de cinco euros nos serviços Caixadirecta, Caixautomática, pelo Multibanco ou em qualquer agencia da CGD. A opção de carregamentos automáticos também é possível.

Anuidade
2,88 euros
Nota Também é possível activar a Funcionalidade Poupança, como no cartão LOL. Além disso, os pais ou encarregados de educação podem consultar o saldo e os movimentos do cartão, através do Serviço Caixadirecta on-line, sempre que quiserem. Tem um valor mínimo para carregamentos: cinco euros.

BES YO! Card
Banco Espírito Santo
O BES criou o "YO! Card" para jovens entre os dez e os 21 anos. Pode ser solicitado por qualquer cliente que tenha uma conta à ordem no banco e é carregável através das soluções de pagamento de serviços ou transferência bancária. As anuidades são gratuitas se o cartão estiver associado às contas BES 100% ou BES 360º. Quando não estiver, esta é cobrada através de mensalidades.
Anuidade 6 euros
Nota Com o YO! Card, ao carregar o seu telemóvel TMN com 25 euros ou mais, recebe um euro na conta YO! Ou um Pkot 69 SMS, alternadamente, até cinco carregamentos por ano. Também tem acesso ao Portal YO!, onde pode ficar a conhecer as vantagens do cartão. Contudo, precisa de ter uma conta à ordem no banco e só tem anuidades grátis se esta for a BES 100% ou BES 360º.

Selecção Nacional Portugal
Banco Espírito Santo
É emitido pelo BES em parceria com a Federação Portuguesa de Futebol e qualquer pessoa pode subscrevê-lo. Recebe-o na vertente pré-pago (por defeito) e, se quiser, pode convertê-lo em cartão de crédito, caso queira aderir a esta funcionalidade. Ao activar uma das vertentes, recebe uma camisola "Selecção 2008, by Ronaldo". A vertente pré-pago permite-lhe efectuar operações de débito até ao limite dos fundos carregados no cartão. Pode consultar as suas operações no sítio www.socioseleccao.pt. Tem uma validade de dois anos, renovável automaticamente. Pode carregá-lo de duas formas: como pagamento de serviços (em qualquer multibanco ou "home banking") ou através de transferência bancária. Na carta que acompanha o cartão, vêm indicadas as referências.
Anuidade Grátis
Nota Ao adquirir este cartão, tem um desconto de 7,5% na aquisição de bilhetes para os jogos das selecções nacionais que não sejam organizados pela UEFA ou FIFA. São reservados também bilhetes para compra exclusiva por detentores do cartão, para os jogos em casa da Selecção Nacional, entre outros descontos.

Cartão Befre
Crédito Agrícola
É o cartão de débito recarregável do Crédito Agrícola, com carregamentos mínimos de dez euros. É independente de qualquer conta bancária, pelo que pode pedi-lo mesmo sendo cliente de outro banco. Permite efectuar levantamentos e consultas nas caixas Multibanco e pagamentos em estabelecimentos comerciais. Pode ser carregado a qualquer momento, na rede Multibanco, através do Crédito Agrícola On-line ou aos balcões do banco. Não tem carregamentos obrigatórios.
Anuidade 2,50 euros
Nota Apesar de não ter carregamentos obrigatórios, quando o carregar tem de fazê-lo com um valor mínimo de dez euros. Não necessita de ter conta no banco, mas cobra comissão de gestão, no valor de cinco euros, quando se verificar que não foram efectuadas transacções por um período igual ou superior a um ano.

Cartões recarregáveis
Santander Totta
Para aceder aos Cartões Recarregáveis do Santander Totta não precisa de ser cliente do banco. Basta dirigir-se a um dos balcões da instituição e pedi-lo: é entregue no acto do pedido. Estes cartões podem ser carregados na rede Multibanco, em qualquer altura, ou nas agências do banco. No primeiro carregamento, deve carregá-lo com um montante mínimo de 25 euros, sendo que nos restantes não tem de obedecer a nenhum limite.
Anuidade Não aplicável.
Nota Não precisa de ser cliente do banco e não tem carregamentos mínimos obrigatórios. Além disso, não cobra anuidades.

pub