Investidor Privado A sua semana dia-a-dia: As novas tarifas à China e indicadores animam semana

A sua semana dia-a-dia: As novas tarifas à China e indicadores animam semana

A primeira semana de Setembro será marcada pela aplicação de novas tarifas à China e pelos discursos de vários membros dos bancos centrais. Serão ainda divulgados indicadores económicos relevantes.
A sua semana dia-a-dia: As novas tarifas à China e indicadores animam semana
Reuters
Patrícia Abreu 02 de setembro de 2018 às 19:00
Segunda-feira Mercados dos EUA fechados devido ao Labor Day
A primeira semana de Setembro arranca com um feriado nos EUA. Devido às comemorações do Labor Day, os mercados accionistas dos EUA e do Canadá estarão encerrados esta segunda-feira. O volume de negociação deverá ser inferior, com os investidores norte-americanos fora. 

Segunda-feira Mersch discursa uma semana antes de reunião do BCE
O membro do Banco Central Europeu, Yves Mersch, estará esta segunda-feira numa conferência, em Paris. O responsável poderá deixar algumas indicações sobre a política monetária na Zona Euro, uma semana antes da primeira reunião da instituição depois do Verão.

Terça-feira Grandes fabricantes automóveis reportam vendas nos EUA

A Ford, a Fiat Chrysler e outras fabricantes automóveis reportam as vendas de carros nos EUA. Estes números surgem num momento em que continuam a ser discutidas novas tarifas sobre a importação de automóveis europeus. Sector deverá ser um dos mais afectados pelas novas taxas.

Terça-feira Carney fala aos deputados sobre a inflação

O governador do Banco de Inglaterra vai falar perante os deputados sobre a política monetária no país e apresentar um relatório da inflação relativo a Agosto. Além de Mark Carney, o economista-chefe da instituição e outros membros do Banco de Inglaterra também estarão presentes. 

Quarta-feira Evolução das Vendas a retalho na Zona Euro em Julho
A divulgação de indicadores económicos na Zona Euro deverá agitar a negociação na Zona Euro, esta quarta-feira. As vendas a retalho, em Julho, deverão ter deslizado 0,1% face a Junho.  Já o índice da Markit para os serviços na Zona Euro deverá ter estabilizado no último mês.
 
Quinta-feira EUA passa a taxar 200 mil milhões de bens chineses
A administração de Donald Trump deverá avançar com a aplicação de tarifas sobre 200 mil milhões de dólares de bens chineses. Esta será a segunda "tranche" de tarifas aplicadas à importação de bens chineses, depois de ter avançado com taxas aduaneiras sobre 50 mil milhões de dólares.  

Sexta-feira Vários membros da Fed discursam nos EUA
Depois do presidente da Reserva Federal dos EUA, Jerome Powell, ter reiterado, em Jackson Hole, que vai continuar a subir juros, vários membros do banco central norte-americano marcam presença em diferentes eventos. O presidente da Fed de Boston, Eric Rosengren, fala numa conferência organizada pela entidade, enquanto Loretta Mester e Robert Kaplan, da Fed de Cleveland e de Dallas, discursam em Boston e em Dallas.

Sexta-feira Moody’s avalia risco da dívida italiana
A agência de notação financeira Moody’s tem agendada para esta semana uma possível acção de "rating" sobre a dívida italiana. Esta possível avaliação surge num momento em que Itália discute o novo orçamento.



pub