Investidor Privado A sua semana dia-a-dia: Bancos centrais, Brexit e economia em destaque

A sua semana dia-a-dia: Bancos centrais, Brexit e economia em destaque

Reserva Federal, Banco de Inglaterra e Banco do Japão realizam as suas reuniões de política monetária ao longo dos próximos dias. O tema do Brexit também vai continuar a agitar os mercados.
A sua semana dia-a-dia: Bancos centrais, Brexit e economia em destaque
Patrícia Abreu 15 de setembro de 2019 às 18:30
Segunda-feira Boris Johnson encontra Juncker para debater Brexit
Esta semana traz o regresso das negociações do Brexit, entre o primeiro-ministro britânico e responsáveis da União Europeia. Boris Johnson e Jean-Claude Juncker encontram-se no início desta semana para reatarem as conversas sobre a saída da União Europeia, seguindo-se outras conversas ao longo dos próximos dias.

Segunda-feira Produção industrial na China

A China reporta a evolução da produção industrial e das vendas a retalho no país, em agosto. Estes números vão permitir medir o pulso à economia chinesa, num momento em que o país continua a ser alvo da imposição de novas tarifas por parte dos EUA.

Terça-feira Membros do BCE discursam

Vários membros do Banco Central Europeu (BCE) vão fazer declarações em diferentes eventos, esta terça-feira. Enquanto François Villeroy de Galhau vai estar presente numa conferência em Londres, o economista-chefe, Philip Lane, e o membro do conselho executivo, Benoit Coeure, falam em Luxemburgo. São as primeiras declarações após as medidas anunciadas pelo BCE na última quinta-feira.

Terça-feira Produção industrial nos EUA

 


Um dia depois da China, são os EUA a reportar a evolução da produção industrial, no último mês. A expectativa é que o indicador registe uma ligeira subida, após ter caído -0,2%, no mês anterior.

Quarta-feira Fed anuncia novo corte de juros

A entidade liderada por Jerome Powell deverá anunciar esta quarta-feira um corte da sua taxa de juro de 25 pontos base, colocando a taxa diretora num intervalo entre 1,75% e 2%, segundo as previsões do mercado. Este corte será o segundo do ano, depois da Reserva Federal dos EUA já ter cortado a taxa dos fundos federais na reunião que decorreu no final de julho.

Quarta-feira Portugal emite dívida de curto prazo


O IGCP regressa esta quarta-feira ao mercado de dívida. A agência que gere a dívida pública vai emitir dívida a seis meses e um ano, tendo como objetivo angariar entre 1.250 e 1.500 milhões de euros. Ainda na semana passada, Portugal colocou 1.000 milhões de euros em obrigações a 10 e 15 anos, tendo pago um novo mínimo.

Quinta-feira Banco de inglaterra reúne com Brexit no horizonte

O Banco de Inglaterra realiza a sua reunião de política monetária. No entanto não são esperadas grandes anúncios, com a entidade a aguardar o desenvolvimento das negociações entre o Reino Unido e a União Europeia sobre o Brexit. Mark Carney poderá, porém, alertar para os riscos que os vários cenários têm para a economia e a estabilidade financeira do país. Ainda esta quinta-feira, o Banco do Japão também debate a política monetária no país.

Sexta-feira Dívida de Espanha avaliada
Duas agências de "rating" têm agendada para o final da semana uma possível revisão da notação financeira atribuída à dívida espanhola. A Standard & Poor’s e a DBRS podem, assim, pronunciar-se sobre o perfil de risco das obrigações do país vizinho, bem como comentar o impacto dos estímulos do BCE para o país.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI