Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro em máximos à espera de dados económicos

Os dados económicos divulgados esta semana deverão esclarecer o rumo da economia e das políticas monetárias dos dois lados do Atlântico.

Negócios negocios@negocios.pt 10 de Março de 2008 às 08:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro tem estado sob foco, depois de nas últimas semanas ter atingido, consecutivamente, máximos históricos contra a divisa norte-americana, culminando num nível cima dos 1,54 dólares. Esta semana serão divulgados dados económicos de revelo, quer nos Estados Unidos, como na Zona Euro, o que poderá condicionar o mercado cambial.

O mercado deverá conhecer, no final desta semana, os dados da inflação nos EUA e na Zona Euro. As previsões dos economistas consultados pela Bloomberg apontam para que os preços no consumidor, nos Estados Unidos, tenham aumentado em 4,2%, em Fevereiro, face ao mesmo período do ano passado. Apesar de ser um aumento elevado, representa um abrandamento quando comparado com Janeiro, mês em que a inflação se situou nos 4,3%.

Já na Zona Euro serão conhecidos os dados finais do crescimento económico e da inflação. Os dados preliminares divulgados revelaram que a inflação, em Fevereiro, se situou nos 3,2%, um valor acima do nível considerado “desejável” pelo Banco Central Europeu (BCE), que é de 2%. Quanto ao crescimento económico, os últimos indicadores revelaram um abrandamento do ritmo de crescimento da Zona Euro. No último trimestre de 2007, a economia da região cresceu 0,4% face aos três meses anteriores.

O mercado cambial deverá reagir a estes dados. Por um lado, poderão deixar antever a dimensão de cortes de juros por parte da Reserva Federal (Fed) dos EUA, já que o mercado está a dar como certa uma redução, que pode mesmo ser de 75 pontos-base para os 2,25%,  já na próxima semana. Por outro lado, poderão revelar que a pressão sobre o BCE para reduzir juros não diminuiu, apesar de Jean Claude Trichet ter reiterado, na última quinta-feira, que a prioridade principal do conselho de governadores é a estabilidade de preços, afastando, para já, uma alteração da política monetária.

Cotadas revelam números de 2007

Além dos dados económicos, a semana será marcada pela apresentação de resultados de cinco empresas nacionais. Altri, Mota-Engil, Sonae Capital, Sonae SGPS e Cofina vão revelar as contas de 2007. Os analistas consultados pela Bloomberg estimam um aumento dos lucros da Altri (35,36 milhões), da Mota-Engil (38,07 milhões) e da Cofina (10,07 milhões). Já a Sonae SGPS deverá verificar uma descida dos resultados líquidos (177,08 milhões).

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias