Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preço-alvo do BES cai perto de metade num ano

Lisbon Brokers, Millennium IB e KBW actualizaram avaliações. Os resultados anuais do Banco Espírito Santo (BES) e o aumento de capital anunciado, no valor de 1,2 mil milhões de euros, levaram três bancos de investimento a actualizar a avaliação do banco.

Negócios negocios@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2009 às 12:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Lisbon Brokers, Millennium IB e KBW actualizaram avaliações.

Os resultados anuais do Banco Espírito Santo (BES) e o aumento de capital anunciado, no valor de 1,2 mil milhões de euros, levaram três bancos de investimento a actualizar a avaliação do banco.

Os lucros da instituição registaram uma quebra de 33,7% em 2008 para os 402,3 milhões de euros, valor que superou a média das estimativas dos analistas. "Na sequência do aumento de capital e dos resultados de 2008, reduzimos as estimativas de ganhos por acção em 13% para 2009 e em 26% para 2010", explicou o KBW. O banco reduziu, também, o preço-alvo de 7 para 6,6 euros por acção, um valor que representa um potencial de valorização de 29%. E subiu ainda a recomendação de "underperform" para "market perform".

Após o anúncio do aumento de capital do BES, a Lisbon Brokers avançou com dois cenários a aplicar às novas acções: um desconto de 20% e de 25%", referiu a analista Sara Amaral. "Assumindo um desconto de 25%, além de uma ligeira revisão às nossas estimativas, apontamos para um valor justo de 5,00 euros, o que compara com o nosso 'target' antes do aumento de capital de 5,60 euros", acrescentou a analista da Lisbon Brokers.
O Millennium Investment Banking também baixou a sua avaliação, mas em 11% para 7,40 euros. Estas actualizações deixaram o preço-alvo médio do BES em 9,53 euros, valor que representa um potencial de valorização de 87% e uma queda de 97% face ao "target" do banco em Janeiro de 2008. ALM



Ver comentários
Outras Notícias