Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A partir de 1 de Novembro, a Alcoa já estará dividida em duas

A maior produtora norte-americana de alumínio anunciou a 28 de Setembro de 2015 que iria dividir-se em duas empresas independentes. Hoje, um ano volvido, o conselho de administração da empresa aprovou a conclusão do processo.

Bloomberg
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 30 de Setembro de 2016 às 07:27
  • Partilhar artigo
  • ...

A Alcoa, a empresa sedeada em Nova Iorque que inventou o moderno processamento do alumínio e que dá sempre o pontapé de saída das épocas de apresentação dos resultados trimestrais das cotadas dos EUA, está formalmente a separar-se em duas.

 

O anúncio foi feito na quinta-feira, 29 de Setembro: "o conselho de administração da Alcoa aprovou a separação da empresa". Era algo que já se esperava, só faltava a concretização.

 

Assim, a partir de 1 de Novembro próximo, passará a haver duas empresas do universo Alcoa: a Alcoa Corp., que manterá o seu legado do processamento de metais industriais [activos mineiros e da fundição]; e a Arconic Inc., que ficará com as unidades de negócio ligadas às componentes para automóveis e aviões.

 

A Arconic terá como presidente executivo o actual CEO da empresa ainda não separada, Klaus Kleinfeld, que será também seu "chairman". Já o CEO da Alcoa Corp. será Roy Harvey, sendo Michael Morris o presidente não executivo do conselho de administração.

 

Klaus Kleinfeld tem estado a fazer uma grande aposta no futuro da empresa em torno das componentes para aviões e automóveis, o que tem agradado aos investidores.

 

O segmento de soluções e produtos de engenharia – que abrangerá a maior unidade de manufactura da empresa depois de se autonomizar perante o negócio dos activos mineiros e da fundição – contribuiu para o aumento dos lucros da Alcoa no segundo trimestre deste ano, o que contrabalançou com a pressão negativa exercida pela queda dos preços do alumínio. 

 

Esta cisão libertará a Arconic de muitas das incertezas que rodeiam a actividade das matérias-primas, num contexto de excesso de oferta de alumínio que levou a que os preços deste metal caíssem para metade face aos máximos de 2008, recorda a Bloomberg.

 

Ao mesmo tempo, a Alcoa Corp. – que até 1999 foi formalmente conhecida como Aluminium Company of America – começará a sua vida corporativa com uma menor dívida e poderá beneficiar de mais de nove anos de cortes de produção e de investimentos nas suas operações a nível global.

 

O anúncio sobre a data oficial da separação da empresa foi feito após o fecho regular das bolsas norte-americanas. Na negociação fora de horas, os títulos da empresa seguem a subir 0,9% para 10,05 dólares. No acumulado dos últimos 12 meses, a Alcoa valoriza 5,4%.

 

A Alcoa Corporation passará a negociar, a partir de 1 de Novembro, como uma empresa independente na Bolsa de Nova Iorque, sendo que o símbolo do seu ‘ticker’ será AA. Já a Arconic terá o ‘ticker’ ARNC. 

Ver comentários
Saber mais Alcoa Arconic Inc. Roy Harvey Michael Morris Bolsa de Nova Iorque Klaus Kleinfeld alumínio
Outras Notícias