Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

AIE: OPEP compensará distúrbios na produção petrolífera na Líbia

Uma eventual quebra na produção petrolífera na Líbia será compensada pelas reservas estratégicas da OPEP, garante o líder da Agência Internacional de Energia.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 22 de Fevereiro de 2011 às 11:17
O director-geral da Agência Internacional de Energia reconhece que eventuais problemas na produção petrolífera na Líbia poderá continuar a pressionar a cotação da matéria-prima em alta. Mas a Organização dos Países Produtores de Petróleo (OPEP) compensará esse efeito usando as reservas estratégicas, garante o responsável.

“O mercado está apertado”, disse Nabuo Tanaka aos jornalistas, à margem de um encontro dos ministros do Petróleo na capital da Arábia Saudita. “Se houver perturbações [na Líbia, um dos membros da OPEP], isso poderá originar uma subida dos preços”, admitiu, citado pela agência Dow Jones.
Mas o responsável garante que “se houver uma interrupção, e se for significativa, teremos que nos mobilizar”.

“Sei que a OPEP tem reservas que podem ser utilizadas”, acrescentou Tanaka, que falou com o secretário-geral da OPEP, o General El Badri, “e ele está consciente de que se houver uma interrupção da produção, recorreremos aos recursos estratégicos”.

“A mensagem para o mercado é: ‘Não entrem em pânico. Há [petróleo] suficiente”, concluiu.

Os preços do petróleo mantêm a tendência de ganhos e seguem no valor mais elevado em mais de dois anos.

Em Nova Iorque, o contrato para Março do West Texas Intermediate (WTI), que expira hoje, transacciona nos 93,11 dólares, depois de já ter chegado a negociar nos 94,49 dólares por barril. Já em Londres, o Brent do Mar do Norte, ganha 1,33% para os 107,15 dólares por barril, o valor mais elevado desde Setembro de 2008.

Ver comentários
Saber mais OPEP Líbia AIE petróleo
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio