Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bancos emprestam cada vez mais dinheiro para compras no mercado de "commodities"

O empréstimo contraído pela BHP Billiton para comprar a Potash Corp. of Saskatchewan elevou o crédito concedido a empresas do sector das matérias-primas para 128 mil milhões de dólares este ano, o valor mais elevado para o mesmo período desde 2007.

Bancos emprestam cada vez mais dinheiro para compras no mercado de "commodities"
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 25 de Agosto de 2010 às 09:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A subida de preços das “commodities” tem aumentado a procura de crédito bancário, numa altura em que os investidores especulam que mais empresas lançarão ofertas de aquisição no sector das matérias-primas.

Os títulos mineiros estão a aproveitar a diminuição dos custos dos empréstimos, que caíram para metade desde o ano passado, para financiarem aquisições que os ajudarão a ficar com mais reservas a um preço mais barato do que através da exploração, refere a Bloomberg.

A BHP Billition lançou a 18 de Agosto uma oferta de compra sobre a Potash, recorrendo a 45 mil milhões de dólares de empréstimos. Entretanto, a fabricante de fertilizantes foi contactada por empresas da China e Brasil numa altura em que tenta defender-se da OPA hostil lançada pela empresa australiana.

A 16 de Agosto, a Vedanta conseguiu um crédito bancário de 6,5 mil milhões de dólares para comprar uma participação na Cairn India.

Em 2007, os bancos emprestaram um valor recorde de 220 mil milhões de dólares para estas operações de fusões e aquisições no sector das matérias-primas na Europa, segundo os dados da Bloomberg.

As entidades de concessão de crédito reduziram as suas margens sobre os empréstimos a cinco anos a empresas com “ratings” de ‘A’ para cerca de 85 pontos base acima das taxas de referência, contra cerca de 125 pontos base de “spread” um ano antes, de acordo com a BNP Paribas, citada pela Bloomberg.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias