Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BP apresenta prejuízo recorde com derrame no Golfo do México

A BP apresentou um prejuízo de 17,2 mil milhões de dólares, para fazer face aos custos de limpeza do maior derrame petrolífera da história dos EUA.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 27 de Julho de 2010 às 07:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O prejuízo da petrolífera britânica compara com lucros de 4,39 mil milhões de dólares no mesmo período do ano anterior.

Os resultados do trimestre que terminou a 31 de Junho devem-se aos custos de limpeza e aos prejuízos do derrame, que deverão ascender a 30 mil milhões de dólares. Este acontecimento provocou ainda a demissão do actual CEO, Tony Hayward, que será substituído por Robert Dudley no dia 1 de Outubro.

A petrolífera está a alienar activos, a diminuir investimentos e a cortar o pagamento de dividendos para fazer face aos custos decorrentes do derrame. No período desde o derrame, a petrolífera já eliminou 70 mil milhões de dólares do seu valor de mercado.

“Tem tudo a ver com começar de novo”, disse o analista do Panmure Gordon & Co., Peter Hitchens à Bloomberg. “Vão fazer o que há a fazer para ultrapassar tudo isto em vez de deixar isto a gotejar e a retirar visibilidade aos resultados futuros”.

Um explosão que ocorreu no poço de águas profundas Horizon, onde morreram 11 funcionários da plataforma, no dia 20 de Abril. O CEO da petrolífera foi nomeado pela BP, no dia 23 de Abril, para gerir as consequências do derrame no Golfo do México e enfrentou críticas da opinião pública e dos políticos norte-americanos.

Ver comentários
Outras Notícias