Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Catástrofe no Japão dita fortes quedas nos preços das matérias-primas

Os preços das matérias-primas, que têm registado fortes subidas nas últimas semanas, estão em queda acentuada perante a perspectiva de uma redução na procura dada a catástrofe natural que se abateu sobre o Japão.

Paulo Moutinho 15 de Março de 2011 às 09:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Os preços das matérias-primas, que têm registado fortes subidas nas últimas semanas, estão em queda acentuada perante a perspectiva de uma redução na procura dada a catástrofe natural que se abateu sobre o Japão.

O Thomson Reuters/Jefferies CRB recuou, ontem, pela quarta sessão consecutiva, tendência seguida pelo índice norte-americano que agrega 24 matérias-primas que recuou 1,4%, na última sessão, num movimento liderado pelo petróleo.

O “ouro negro”, que tem estado em destaque pela forte subida em resultado das crescentes tensões no Mundo Árabe, está hoje a perder mais de 1% e a negociar abaixo da fasquia dos 100 dólares em Nova Iorque. Em Londres, o Brent segue nos 112,52 dólares.

Esta é uma tendência seguida pela generalidade das matérias-primas, como acontece com o cobre, que cede 1,4%. Também as “commodities” alimentares estão em queda, como é o caso do milho que recuou mais de 2%, para um mínimo do final de Janeiro.

A queda é explicada pelos recentes acontecimentos no Japão, país que foi atingido por um violento sismo seguido de um “tsunami”. Catástrofes naturais que afectaram a terceira maior economia mundial e que devem ditar uma queda na procura por matérias-primas.

Ver comentários
Saber mais Japão bolsa matérias-primas
Mais lidas
Outras Notícias