Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

China negoceia num dia algodão suficiente para fazer “jeans” para o planeta inteiro

O país registou um valor recorde desta matéria-prima, suficiente para fazer nove mil milhões de calças de ganga, quantidade necessária para vestir todas as pessoas do planeta.

Um trabalhador numa fábrica de algodão na Índia, país que se prepara para ocupar o lugar da China como maior produtor do mundo desta matéria-prima.
Bloomberg
Negócios com Bloomberg 27 de Abril de 2016 às 13:48
  • Partilhar artigo
  • ...

Foram negociados o equivalente a 41 milhões de fardos de algodão num único dia na bolsa de matérias-primas chinesa na semana passada, o volume mais elevado dos últimos cinco anos. A Bloomberg fez as contas e chegou à conclusão que esta quantidade de matéria-prima é suficiente para fazer quase nove mil milhões de calças de ganga, o suficiente para vestir todas as pessoas do planeta.


Os preços, que tinham atingido mínimos em Fevereiro, dispararam quase 19% nos quatro dias anteriores à negociação recorde, que teve lugar na sexta-feira. Os investidores têm comprado grandes volumes nos mercados chineses de "commodities", fazendo disparar os volumes das matérias trocadas e fazendo com que as bolsas tenham emitido avisos aos investidores.


A China é o maior consumidor de algodão do mundo e o segundo maior produtor. Um dos analistas contactados pela Bloomberg explicou que os "níveis baixos de Fevereiro e Março fizeram com que houvesse um maior interesse tanto dentro como fora da indústria do algodão, assim como um aumento da especulação, que levou a apostas cada vez maiores na bolsa de matérias-primas", referiu Liu Qiannan.


O algodão já foi antes objecto de especulação. Em 2011, o Governo estabeleceu um preço mínimo e começou a acumular esta matéria-prima para apoiar os produtores domésticos. Isto fez com que começassem a acumular o material e a aumentar os preços dos futuros.


Estas movimentações, de acordo com analistas do Morgan Stanley, já fizeram aumentar também os preços de matérias-primas como ovos, aço e ferro. 

Ver comentários
Saber mais China algodão economia negócios e finanças mercado e câmbios minérios e metais
Outras Notícias