Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Combustíveis já sobem até cinco cêntimos este mês

Com as acentuadas valorizações registadas pelo petróleo em Março, a cotação dos derivados no mercado tem seguido a tendência. Isso mesmo revelam os preços praticados nos postos de abastecimento, com o gasóleo a liderar as subidas.

Cátia Barbosa/Negócios
André Tanque Jesus andrejesus@negocios.pt 28 de Março de 2016 às 13:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
Após a ligeira queda registada na semana passada, os combustíveis voltaram a subir. O preço da gasolina nos postos de abastecimento deverá ter aumentado em cerca de um cêntimo, ao passo que a variação do gasóleo foi ainda menor. Ainda assim, a evolução vem desde o início do mês, com o gasóleo a acumular uma subida de cinco cêntimos.

Quando for abastecer o seu automóvel esta semana, saiba que deverá pagar mais qualquer que seja o combustível. O Negócios fez as contas e concluiu que, na revisão desta segunda-feira, 28 de Março, o preço da gasolina terá aumentado entre 0,5 e 1 cêntimos. Uma subida que contraria a ligeira queda da semana passada, proporcionada pela evolução do euro face ao dólar.

Uma tendência semelhante foi registada no preço do gasóleo. Após a ligeira descida na última semana, o preço do combustível terá aumentado até cerca de 0,3 cêntimos. Mas se analisada a tendência no mês, o certo é que o preço do derivado acumula uma subida de quase cinco cêntimos em Março. No mesmo período, a gasolina já sobe 3,5 cêntimos.

Esta evolução dos combustíveis reflecte a tendência que se tem verificado no petróleo. O Brent, negociado em Londres, valoriza 12,7% em Março, negociando actualmente nos 40,54 dólares por barril. Já o West Texas Intermediate (WT), em Nova Iorque, sobe 17,78% para 39,76 dólares.

Isto numa altura em que os investidores aguardam pela reunião da Organização do Países Produtores de Petróleo (OPEP), a 17 de Abril. É que está previsto que, neste encontro, os países membros aprovem uma estabilização da sua produção.

Ver comentários
Saber mais gasóleo gasolina combustíveis Portugal OPEP Brent WTI petróleo matérias-primas mercados
Mais lidas
Outras Notícias