Matérias-Primas Combustíveis sobem até dois cêntimos esta segunda-feira

Combustíveis sobem até dois cêntimos esta segunda-feira

Atestar o depósito vai voltar a ficar mais caro. Se na última semana a culpa foi do aumento do ISP, desta vez o aumento tem por base a valorização das cotações nos mercados internacionais. O gasóleo subirá mais que a gasolina.
Combustíveis sobem até dois cêntimos esta segunda-feira
Reuters
Paulo Moutinho 21 de fevereiro de 2016 às 15:58

Se precisa de abastecer, mais vale aproveitar já. É que esta segunda-feira, 22 de Fevereiro, os preços de venda dos combustíveis nos postos de abastecimento nacionais vão voltar a ficar mais caros. Há aumentos até dois cêntimos por litro, sendo que será o gasóleo, o mais utilizado no mercado português, a registar o agravamento mais expressivo.


Os postos vão rever em alta os preços de venda tendo em conta a subida de 3,6% da cotação média da tonelada métrica da gasolina e de 6,2% do gasóleo. São variações que vão traduzir-se em subidas de um a 1,5 cêntimos e dois cêntimos, respectivamente, de acordo com os cálculos do Negócios.


Estas subidas, traduzem a forte valorização das cotações do petróleo. O barril da matéria-prima disparou para mais de 30 dólares em Nova Iorque (31,98 dólares), superando os 35 dólares em Londres, com os investidores a fazerem reflectir nos mercados o acordo de congelamento da produção de petróleo entre Rússia e a Arábia Saudita, ainda que em níveis recorde.


A recuperação das cotações do petróleo, que puxam pelos preços dos derivados, neste caso da gasolina e do gasóleo, traduz também o elogio feito pelo Irão a esta decisão, por procurar dar maior estabilidade ao mercado. Apesar de não revelar se entrará no acordo – os analistas não acreditam que o faça –, sinaliza que está atento aos preços baixos. O petróleo chegou a tocar em mínimos de 12 anos.


Novo aumento


A subida dos preços dos combustíveis será a segunda seguida, mas não por causa do comportamento dos mercados. Na última semana registou-se até uma descida nos preços, mas foi mais do que compensada pela entrava em vigor do aumento de seis cêntimos por litro do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) determinado pelo Governo.


O saldo entre o agravamento do ISP e a descida das cotações nos mercados acabou por ser de um aumento de cerca de quatro a cinco cêntimos no valor de venda dos combustíveis nos postos nacionais a que se juntará esta subida no arranque da semana.


Actualmente, de acordo com os dados da Direcção-Geral de Energia e Geologia, o litro do gasóleo simples está a ser comercializado a 1,025 euros, em média. Já a gasolina simples de 95 octanas está a ser vendida nos postos nacionais a um preço de 1,285 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI