Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Irão está pronto para vender petróleo, mas quer ser pago em euros

Com o levantamento das sanções internacionais, o país está preparado para arrancar com a exportação de petróleo. Quem quiser comprar deverá, no entanto, ter euros e não dólares.

Paulo Moutinho 10 de Fevereiro de 2016 às 09:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Gisele Bündchen, a "supermodelo" brasileira, encantou a alta finança quando ainda antes da crise financeira deixou de aceitar pagamentos em dólares norte-americanos, devido à forte desvalorização da moeda. Passou a receber apenas em euros. Agora, apesar de o euro estar bem mais fraco, é o Irão que mostra a sua preferência pela divisa europeia. Quer vender petróleo, mas não tem interesse em receber os dólares dos EUA.


"A nossa principal prioridade é receber os pagamentos [pelo petróleo] em euros", diz Safar-Ali Karamati, o vice-presidente da National Iranian Oil Company, a petrolífera estatal a uma publicação iraniana citada pela CNN Money. Uma posição que demonstra que, apesar do entendimento sobre o nuclear com os EUA ter sido crucial para o levantamento das sanções internacionais, o país prefere manter as referências norte-americanas de lado.


Para Majid Rafizadeh, professor na Universidade de Harvard, aos olhos do Irão "qualquer coisa que não seja dólares será financeira e politicamente melhor", diz à CNN Money. E permitir-lhe-ia reduzir um potencial choque caso as sanções internacionais voltem a ser impostas por parte dos EUA.


Contudo, será difícil para o país receber em euros tendo em conta que o mercado do petróleo é dominado pela divisa dos EUA. Além disso, poderá não ser assim tão vantajoso para o país evitar as "notas verdes", tendo em conta as perspectivas para ambas as moedas. É que o dólar tem valorizado à boleia dos juros da Reserva Federal dos EUA, já o Banco Central Europeu continua a implementar estímulos que desvalorizam a divisa.


Um euro vale, actualmente, 1,1258 dólares (recua 0,3% na sessão, mas sobe 3,65% em 2016). Mas há vários bancos de investimento que mantêm a aposta em como a divisa europeia voltará a cair devido às políticas de Mario Draghi. Acreditam mesmo na paridade entre ambas as divisas, ou até que um euro passe mesmo a valer menos de um dólar.

Ver comentários
Saber mais euro dólar petróleo EUA Irão Fed BCE barril
Mais lidas
Outras Notícias