Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mineira cipriota desiste de tungsténio português

A EMED Mining deixou caducar a opção de compra para a extracção de tungsténio na Régua.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 03 de Janeiro de 2012 às 14:00
  • Partilhar artigo
  • ...
A empresa cipriota EMED Mining não vai exercer a opção de compra do depósito de tungsténio na Régua, avança a Reuters. “Esta decisão reflecte o resultado da avaliação realizada durante o período de vigência da opção, desde Setembro de 2010, e que envolveu gastos na ordem dos 250.000 euros”, refere a empresa, citada pela agência noticiosa.

A EMED Mining Public Limited tinha adquirido, em Setembro de 2010, a opção de compra da licença de exploração do depósito de tungsténio da Régua.

O preço da opção foi de 2,5 milhões de acções da EMED Mining e incluiu o compromisso de investir 250.000 euros no projecto antes da data de expiração da opção, 31 de Dezembro de 2011, segundo o comunicado da empresa divulgado a 21 de Setembro de 2010.

Agora, a EMED Mining – que também explora cobre em Espanha e ouro na Eslováquia, deixou caducar a opção, não exercendo assim o direito de compra – que estipulava que a empresa pagaria, nesse caso, 750.000 euros à Iberian Resources Portugal - Minerais Unipessoal (empresa de Évora) em dinheiro ou em acções da EMED, e que se comprometeria a investir 1,5 milhões de euros no projecto durante três anos.

Ver comentários
Saber mais minas tungsténio EMED Mining Chipre Régua
Outras Notícias