Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo encaminha-se para pior semana desde Setembro

A matéria-prima encaminha-se para o pior desempenho semanal desde Setembro em Nova Iorque, apesar de estar hoje a subir nos dois mercados. Os sinais de contágio da crise da dívida na Europa estão a travar a expectativa de que a recuperação económica nos EUA irá impulsionar a procura do maior consumidor de petróleo.

Andreia Major amajor@negocios.pt 18 de Novembro de 2011 às 09:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O Brent do Mar do Norte, negociado em Londres, aprecia 0,70% para 108,98 dólares por barril. Já em Nova Iorque, o barril de crude WTI, negociado na Nymex, avança 0,36% para 99,18 dólares por barril.

O petróleo dirige-se para completar a pior semana desde Setembro, dado que os sinais de contágio da crise da dívida na Europa estão a travar a especulação de que a recuperação económica nos EUA irá impulsionar a procura do maior consumidor de petróleo.

O petróleo está abaixo dos 100 dólares por barril em Nova Iorque, a reflectir a queda das acções devido ao renovar dos receios de que os líderes europeus não irão conseguir acordar uma resolução para travar a crise da dívida soberana.

Os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos caíram para o nível mais baixo em sete meses, de acordo com os dados divulgados ontem pelo Departamento do Trabalho norte-americano.

“Todos os mercados estão actualmente claramente de olhos postos na Europa”, disse Michael McCarthy, estratega de mercado da CMC Markets Asia Pacific, à Bloomberg.

“O potencial disso prejudicar significativamente as perspectivas de crescimento global continua a existir. Podemos ver um recuar dos preços do petróleo antes de se encaminhar de novo para os ganhos”, explicou o estratega.

Ver comentários
Saber mais petróleo matéria-prima Brent crude WTI
Outras Notícias