Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo inverte para terreno negativo com aumento das reservas

Os preços do petróleo inverteram para as perdas, depois da divulgação de que as reservas norte-americanas de crude aumentaram na semana passada, quando se esperava uma queda.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 22 de Setembro de 2010 às 16:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O contrato de Novembro do West Texas Intermediate (WTI), “benchmark” para os Estados Unidos, segue a ceder 0,13% no mercado de Nova Iorque, para 74,87 dólares por barril, depois de já ter estado hoje a subir mais de 3%.

Por seu lado, o Brent do Mar do Norte, crude de referência para a Europa, desvaloriza 0,73% em Londres, para 77,85 dólares por barril.

De acordo com a informação divulgada hoje pelo Departamento norte-americano da Energia (DoE), os “stocks” de crude aumentaram em 970 mil barris na semana terminada a 17 de Setembro, para um total de 358,3 milhões, quando os 18 analistas inquiridos pela Bloomberg apontavam para uma queda média de 1,75 milhões de barris. Na semana precedente, as reservas de crude tinham caído em 2,489 milhões de barris.

Os inventários de gasolina, por seu lado, subiram em 1,59 milhões de barris no mesmo período, quando a previsão era de uma queda de 250 mil barris.

Quanto aos “stocks” de produtos destilados – que incluem gasóleo e combustível para aquecimento – registaram um acréscimo de 347 mil barris, contra a projecção de um aumento de 100 mil barris.

As cotações do “ouro negro” estão também a ser penalizadas pelo anúncio de que as encomendas de bens duradouros em Julho na Zona Euro desceram mais do que o previsto pelos economistas.

Ver comentários
Outras Notícias