Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo reduz perdas com forte queda das reservas

Os preços do petróleo seguem a travar o movimento de queda, depois da divulgação de que as reservas norte-americanas de crude caíram mais do que o esperado na semana passada.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 14 de Julho de 2010 às 15:44
  • Partilhar artigo
  • ...
O contrato de Agosto do West Texas Intermediate (WTI), "benchmark" para os EUA, segue a ceder 0,30% em Nova Iorque, para 76,92 dólares por barril. Antes do anúncio relativo aos inventários, o WTI fixava-se nos 76,70 dólares.

Por seu lado, o Brent do Mar do Norte, crude de referência para a Europa, desvaloriza 0,43% em Londres, para 76,32 dólares por barril.

De acordo com a informação divulgada hoje pelo Departamento norte-americano da Energia (DoE), os “stocks” de crude diminuíram em 5,058 milhões de barris na semana terminada a 9 de Julho, quando os analistas inquiridos pela Bloomberg apontavam para uma queda média de 1,5 milhões de barris.

Em contrapartida, os inventários de gasolina aumentaram em 1,601 milhões de barris, quando não se previam aumentos nem quedas.

Quanto aos “stocks” de produtos destilados – que incluem gasóleo e combustível para aquecimento – registaram um acréscimo de 2,943 milhões de barris, contra a projecção de um aumento de mil milhões de barris.

Apesar das subidas superiores ao previsto das reservas de gasolina e destilados, é o dado relativo ao crude que está a ter mais influência na tendência dos preços.

Ver comentários
Outras Notícias