Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Possível adiamento de embargo europeu inverte petróleo para terreno negativo

Os preços do crude já estão a negociar no vermelho devido à possibilidade de a UE adiar em seis meses a imposição de sanções.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 12 de Janeiro de 2012 às 19:34
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
As cotações do petróleo estavam a ser sustentadas pelas tensões no Irão e pela possibilidade de perturbações na produção nigeriana. No entanto, uma fonte conhecedora do processo disse à Bloomberg que o embargo da União Europeia às importações de crude iraniano pode ser adiado por seis meses para que países como a Grécia, Itália e Espanha encontrem alternativas de abastecimento, o que fez com que a matéria-prima entrasse em terreno negativo.

O contrato de Fevereiro do West Texas Intermediate (WTI), “benchmark” para os Estados Unidos, cai 1,59 no mercado de Nova Iorque, para 99,27 dólares por barril.

Por seu lado, o Brent do Mar do Norte, crude de referência para a Europa, perde 1,04% para 111,07 dólares.

O embargo da União Europeia, previsto para ser anunciado pelos 27 Estados-membros na reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros a 23 de Janeiro, poderá assim ser adiado, de acordo com declarações à Bloomberg de uma fonte próxima do processo.

Ver comentários
Saber mais crude petróleo Brent WTI matérias-primas Irão
Outras Notícias