Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preços do petróleo descem apesar de tensões no Médio Oriente

Os receios em torno de um acidente nuclear no Japão estão a contrabalançar a escalada das tensões no Médio Oriente. Os preços do petróleo estão a descer cerca de 2% nos mercados internacionais.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 15 de Março de 2011 às 07:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os contratos futuros de crude estão em forte descida nos mercados internacionais, depois de o primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, ter admitido que há um elevado risco de que fuga de radioactividade na central nuclear de Fukushima.

O barril de crude WTI, negociado na bolsa de Nova Iorque, desvaloriza 2,1% para 99,09 dólares, ao passo que o Brent do Mar do Norte, negociado em Londres, recua 1,7% para 111,69 dólares por barril.

O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, veio à televisão pedir calma aos japoneses, admitindo que são agora maiores os riscos de uma fuga radioactiva, depois de se ter dado uma terceira explosão na central nuclear de Fukushima. O responsável acrescentou que pediu ajuda à agência atómica das Nações Unidas, tendo já os EUA mostrado disponibilidade para auxiliar o país. Os receios de um desastre nuclear no Japão estão a contrabalançar a escalada dos tumultos no Médio Oriente, eventualmente capazes de perturbar a produção da matéria-prima.

A violência na Líbia, que já diminuiu os níveis de produção em dois terços, continua, com as forças leais a Kadhafi a fazerem ataques aéreos contra os rebeldes na cidade de Ajdabiya.

Ver comentários
Saber mais petróleo Tóquio Sismo Líbia Kadhafi
Mais lidas
Outras Notícias