Matérias-Primas Preço dos coelhos de chocolate está mais amargo nesta Páscoa

Preço dos coelhos de chocolate está mais amargo nesta Páscoa

Se está a pensar comprar ovos de chocolate para as crianças, ou bombos para adoçar após o almoço de Páscoa, estes deverão sair-lhe mais caros que no ano passado. É que o “El Niño” tem afectado as plantações e, por isso, o preço dos produtos que compõem o chocolate tem vindo a aumentar.
Preço dos coelhos de chocolate está mais amargo nesta Páscoa
Negócios 25 de março de 2016 às 11:00

Chegada a Páscoa, o chocolate compõe grande parte das ofertas, tanto para miúdos como para graúdos. Desde os ovos aos coelhos de chocolate, passando pelos tradicionais bombons, tudo serve para adoçar a boca nesta época. Contudo, na hora de pagar, o preço poderá bem amargar-lhe a carteira.

Se há um ano o chocolate de leite custava 1,64 libras (2,08 euros) por quilo, o preço é agora de 1,82 libras, segundo os dados da Mintec, citados pelo Financial Times. Esta empresa, que reúne dados sobre matérias-primas, criou o índice do chocolate de leite, composto por açúcar, soro de leite em pó, leite em pó, cacau em pó e manteiga.

Este tem vindo a subir no último ano, impulsionado pela valorização de 26% do preço do cacau em pó, mas também pela subida de 19% da manteiga de cacau e de 15% do açúcar.

E a explicar estas subidas estão as condições climatéricas. O tempo mais seco do que é habitual, devido ao fenómeno "El Niño", tem afectado as plantações e, assim, estimulado o preço das matérias-primas.

Um factor que deverá ver reflectido, quando tentar comprar chocolate no supermercado. Mas o Financial Times explica que também a produção tem sido afectada. Isto porque, em alturas mais quentes, o consumo de chocolate tende a ser menor. Na Alemanha, por exemplo, a produção de coelhos de chocolate caiu 6% face ano passado. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI