Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Abertura dos mercados: Dados económicos e resultados continuam na mira dos investidores

Nesta segunda-feira os investidores vão estar atentos aos dados económicos que vão ser divulgados na Europa e nos EUA. Por cá, o BCP vai apresentar os seus resultados após o fecho do mercado nacional.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 28 de Julho de 2014 às 08:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os dados económicos continuam a marcar o mercado. Os investidores vão estar atentos, esta segunda-feira, 28 de Julho, aos dados económicos, nomeadamente, relativos à venda de casas no Estados Unidos. A expectativa é que, em Junho, este indicador tenha registado uma quebra de 0,2%.

 

Na Europa, a atenção dos investidores vai estar centrada nos últimos números relativos ao desemprego na Alemanha, Itália e na União Europeia. Além disso, os dados relativos ao índice PMI em França, Alemanha, Itália e Espanha vão ser conhecidos.

 

Por cá, os investidores deverão estar atentos aos números semestrais do BCP.

De acordo com o Caixa BI, o banco liderado por Nuno Amado deverá apresentar uma redução dos prejuízos trimestrais para 36 milhões de euros. O BES, actualmente liderado por Vítor Bento, apresenta os seus números na quarta-feira, 30 de Julho.

 

Esta manhã, a Galp Energia já apresentou os seus resultados, tendo, no primeiro semestre do ano, registado um lucro de 115 milhões de euros, o que corresponde a uma queda de quase 29% face ao mesmo período do ano passado. Nos três meses entre Abril e Junho, a petrolífera nacional registou lucros de 68 milhões de euros, menos 20,9% do que no ano passado. Os analistas consultados pela Reuters estimavam lucros de 48 milhões de euros.

 

Ao nível internacional, os principais índices asiáticos estão em alta, impulsionados pela expectativa de que a China vai implementar medidas para estimular o crescimento económico. O MSCI Ásia Pacifico soma 0,4% e o Nikkei encerrou a somar 0,46% e o Topix fechou a avançar 0,37%. "A Ásia continua a ter um momento mais consistente que os mercado desenvolvidos", afirmou Khiem Do, do Baring Asset Management, em Hong Kong, à Bloomberg. O efeito das medidas de estímulo na China "foi reconhecido pela China, Ásia e mercados emergentes e é por isso que estamos a ver uma forte recuperação", acrescentou.

 

Por outro lado, os preços do petróleo estão em queda nos mercados internacionais. O West Texas Intermediate desliza 0,31% para 101,77 dólares por barril e o Brent do Mar do Norte, que serve de referência para as importações nacionais, desce 0,42% para 107,93 dólares por barril.

 

Os preços da matéria-prima no mercado norte-americano estão a cair pressionados pela expectativa dos investidores que os dados económicos mostrem um abrandamento do crescimento económico nos Estados Unidos da América – o maior consumidor de petróleo.

 

No mercado cambial, o euro ganha terreno face à divisa norte-americana. O euro avança 0,02% para 1,3432 dólares.

Ver comentários
Saber mais abertura de mercado petróleo euro
Outras Notícias