Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aumento das importações petrolíferas na China impulsionam preços do crude

Os preços do petróleo continuam em alta, sustentados pelas importações chinesas da matéria-prima.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 10 de Dezembro de 2012 às 16:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A matéria-prima segue a negociar em terreno positivo, esta segunda-feira, impulsionada pelas importações de petróleo, realizadas pela China, que superaram as exportações.

Os contratos futuros para Janeiro do West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, sobem 0,31% para 86,20 dólares por barril. Já em Londres, o Brent do Mar do Norte, que serve de referência para Portugal, soma 0,63% para 107,69 dólares por barril.

A informação de que a China comprou mais 5,68 milhões de barris de petróleo por dia do que exportou - o valor mais alto desde Maio - está a beneficiar os preços da matéria-prima, de acordo com a agência Bloomberg.

O crescimento das exportações alemãs em Outubro, apesar da recessão sentida na Zona Euro, seu principal destino, sustenta também os ganhos da matéria-prima.

A organização dos países produtores de petróleo (OPEP) reunir-se-á esta quarta-feira, dia 12 de Dezembro e deverá manter a quota da produção petrolífera nos 30 milhões por dia, segundo a Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais petróleo matérias-primas Brent WTI Américas China
Mais lidas
Outras Notícias