Trading Barril de Brent vai ter um rival no Médio Oriente

Barril de Brent vai ter um rival no Médio Oriente

Um novo ‘benchmark’ para o mercado de petróleo está prestes a ser lançado em Abu Dhabi. Deve "despontar" em solo saudita já em 2020.
Barril de Brent vai ter um rival no Médio Oriente
Bloomberg
Negócios 11 de novembro de 2019 às 19:18

Os mercados do petróleo contam atualmente com dois crudes de referência nos mercados internacionais. São eles o barril de Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e "benchmark" para a Europa, e o West Texas Intermediate, com a mesma posição de destaque nos Estados Unidos. Agora, a Intercontinental Exchange, a bolsa onde negoceia o barril londrino, quer uma nova referência para o setor com "sede" em Abu Dhabi, o Murban.

As gigantes do setor BP, Total, Inpex, Vitol, Shell, Petrochina, a coreana GS Caltex, a japonesa JXTG e a tailandesa PTT alinham como parceiras nesta iniciativa. O plano é lançar a ICE Futures Abu Dhabi (IFAD), que irá assentar na produção da Abu Dhabi National Oil Co’s (ADNOC).

O barril de Murban muda, desta forma, a formação de preços a que estava sujeito. Os contratos futuros vêm substituir o sistema de preços retroativos. O Conselho Supremo do Petróleo em Abu Dhabi aprovou as alterações na semana passada, como parte de uma transformação da estratégia.

Contudo, a Intercontinental Exchange avança que a IFAD está agora dependente de aprovações regulatórias. O objetivo é que este novo ‘benchmark’ seja lançado já na primeira metade de 2020.

O CEO da ICE, Jeffrey Sprecher, disse em conferência de imprensa, esta segunda-feira, 11 de novembro, que "os futuros do Murban vão posicionar-se ao lado dos benchmarks do petróleo mais significativos". Acrescentou que esta iniciativa vai permitir a mais investidores negociar o barril deste crude com maior transparência.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI