Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Combustíveis sobem pela quinta semana e gasolina dispara para máximos de março

Os preços dos combustíveis vão subir pela quinta semana na segunda-feira e os aumentos serão consideráveis. A gasolina já vai anular todas as quedas registadas desde o estado de emergência em Portugal.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 05 de Junho de 2020 às 11:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

A forte subida das cotações do petróleo e dos combustíveis no mercado europeu vai agravar a fatura que os portugueses vão pagar para abastecer o automóvel a partir da próxima segunda-feira, sobretudo quem tem veículos a gasolina.

 

A tonelada métrica da gasolina disparou mais de 18% esta semana (tendo em conta a cotação média diária em euros), o que de acordo com os cálculos do Negócios aponta para um agravamento de 4 cêntimos por litro no preço da gasolina simples em Portugal.

 

Segundo a Direção Geral de Energia e Geologia, este combustível está a ser vendido esta semana em Portugal a um preço médio de 1,33 euros por litro, pelo que a confirmar-se este agravamento, o preço subirá para o nível mais elevado desde meados de março, quando foi decretado em Portugal o Estado de Emergência para conter a pandemia da covid-19.

 

Será já a quinta semana consecutiva de agravamento de preços (na semana passada os cálculos do Negócios apontavam para uma descida ligeira mas os preços subiram menos de 1 cêntimo). Neste período de cinco semanas a gasolina simples acumula um agravamento de 13,3 cêntimos por litro (tendo já em conta a subida esperada para a próxima segunda-feira).

 

No caso do gasóleo os aumentos serão mais ténues, mas também será a quinta semana de agravamento de preços. A tonelada métrica do combustível aumentou cerca de 6%, pelo que o preço do gasóleo simples em Portugal deverá aumentar cerca de dois cêntimos. A confirmar-se, subirá para um preço médio em redor de 1,19 euros por litro, o que representa um máximo de 20 de abril. Em cinco semanas o aumento é superior a 6 cêntimos.

O aumento de preços na segunda-feira acontece depois de uma semana em que as cotações do petróleo também dispararam devido aos sinais de retoma na procura e indicações de manutenção dos cortes na produção por parte dos maiores produtores mundiais da matéria-prima. O Brent em Londres ganha 16% esta semana e está a negociar em máximos de março acima dos 40 dólares. 

 

Apesar de a evolução dos preços dos combustíveis ser calculada tendo por base a evolução destes dois derivados do petróleo (gasóleo e gasolina) e do euro, o custo dos combustíveis na bomba dependerá sempre de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.

Estes preços têm em conta as variações calculadas pelo Negócios face ao preço médio praticado em Portugal esta semana e anunciado pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Os cálculos do Negócios têm por base contratos diferentes dos seguidos pelas petrolíferas (ainda que a evolução costume ser semelhante), sendo que os dados disponíveis para o Negócios só estão disponíveis até quinta-feira (faltando um dia de negociação).

 

Ver comentários
Saber mais gasóleo gasolina combustíveis
Mais lidas
Outras Notícias