Petróleo Iraque penaliza preço do petróleo

Iraque penaliza preço do petróleo

As cotações da matéria-prima estão a cair nos mercados internacionais, negociando, ainda assim, acima dos 45 dólares por barril. O valor do petróleo está a ser penalizado pelo crescimento das exportações iraquianas.
Iraque penaliza preço do petróleo
Bloomberg
Ana Laranjeiro 02 de maio de 2016 às 11:09

Os preços do petróleo estão a cair nos mercados internacionais depois de, este domingo, 1 de Maio, o Iraque ter revelado que as suas exportações desta matéria-prima estão próximas de um nível recorde, o que vem agravar o excesso de oferta mundial de "ouro negro". O porta-voz do ministro do Petróleo apontou, citado pelo Bloomberg, que o Iraque, excluindo as vendas realizadas pelo Governo Regional do Curdistão, expediu 3,36 milhões de barris por dia em Abril.

Em Março, as exportações iraquianas, o segundo maior produtor da matéria-prima da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), atingiram 3,29 milhões de barris por dia. O valor mais elevado das exportações daquele país foi atingido em Novembro, época em que o Iraque vendeu ao exterior 3,365 milhões de barris de petróleo por dia.

A OPEP, de acordo com os dados compilados pela Bloomberg, aumentou a sua produção em 484 mil barris para um total de 33,217 milhões de barris diários em Abril.

O West Texas Intermediate desce 0,94% para 45,49 dólares por barril. E o Brent do Mar do Norte, que serve de referência para as importações europeias, recua 1,27% para 46,77 dólares por barril.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI