Petróleo Maior fundo soberano do mundo desinveste no petróleo

Maior fundo soberano do mundo desinveste no petróleo

O Norges Bank, que gere o maior fundo soberano do mundo – o da Noruega – anunciou que vai retirar 5,4 mil milhões de euros aplicados em empresas petrolíferas cotadas no índice FTSE Russell.
Maior fundo soberano do mundo desinveste no petróleo
Reuters
Carla Pedro 01 de outubro de 2019 às 22:03

O maior fundo de pensões do mundo confirmou, esta terça-feira, o que já tinha avançado em março passado: que vai desinvestir no petróleo. Mas desta vez com mais pormenores.

 

O governo norueguês anunciou, em comunicado citado pela Bloomberg, que a decisão de desinvestir em empresas de petróleo e gás aplica-se às companhias classificadas no índice FTSE Russell como "Petróleo: produtoras de crude".

 

A meio de setembro, 95 empresas recaíam nessa classificação no índice de referência e universo de investimento do Government Pension Fund Global (GPFG), que é gerido pelo Norges Bank.

 

Essas 95 empresas representavam cerca de 0,8% do "benchmark" do GPFG para as ações, correspondendo a 54 mil milhões de coroas norueguesas (5,44 mil milhões de euros).

 

Este desinvestimento, informou o governo, irá ser realizado de forma gradual.

 

A Noruega conta com dois fundos soberanos, o Government Pension Fund Global e o Government Pension Fund Norway.

 

O primeiro é uma continuação do chamado "Fundo de Petróleo" e o Ministério das Finanças é o responsável pela sua gestão – mas a gestão operacional está delegada no banco central do país, o Norges Bank.

As receitas deste fundo provêm do rendimento total que o governo norueguês obtém com as atividades petrolíferas e do retorno sobre os investimentos do fundo.

 

Já o segundo tem menor dimensão e é um fundo nacional, estando limitado a investimentos noruegueses e escandinavos – sendo por isso um acionista de relevo em muitas das grandes empresas norueguesas. A sua gestão operacional está delegada no National Insurance Scheme Fund.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI