Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mais gasolina nas reservas norte-americanas empurra petróleo para terreno negativo

Petróleo inverteu a tendência com a divulgação dos inventários da matérias-prima.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 05 de Dezembro de 2012 às 16:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os preços do petróleo estão a recuar depois de ter sido divulgado que os inventários de gasolina aumentaram mais do que o previsto pelos analistas.

Os contratos futuros de West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, seguem a perder 0,82% para os 87,77 dólares por barril, caindo pelo segundo dia.

A desvalorizarem-se pela terceira sessão seguida, os contratos futuros de Brent do Mar do Norte, transaccionados em Londres, cedem 0,76% para os 109,01 dólares por barril.
O comportamento dos preços do petróleo foi positivo durante a amanhã mas inverteu para o terreno negativo ao início da tarde, desempenho intensificado pelas 15h30, quando foram anunciadas, pelo Departamento da Energia norte-americano, as reservas de petróleo nos Estados Unidos na semana passada.

Os inventários de crude registaram uma quebra de 2,36 milhões de barris, estando agora com 371,8 milhões de barris, uma descida superior à antecipada pelos economistas consultados pela agência Bloomberg.

Contudo, já no caso da gasolina, o avanço das reservas foi bastante superior ao esperado. Registaram-se mais 7,86 milhões de barris de gasolina alcançando-se um total de 212,1 milhões. A subida esperada era de 1,55 milhões de barris.

Apesar da descida das reservas de “ouro negro”, o facto de a subida dos inventários do combustível ter sido bastante acima do esperado acaba por conduzir a uma queda dos preços da gasolina e também dos preços do próprio petróleo. Com uma maior oferta, os preços tendem a cair.

A contribuir para o sentimento positivo relativo à procura da matéria-prima está ainda a divulgação de que a economia do Reino Unido vai contrair 0,1% em 2012, ao invés de crescer 0,8%.

Ver comentários
Saber mais petróleo West Texas Intermediate Brent do Mar do Norte matérias-primas
Mais lidas
Outras Notícias