Petróleo Petróleo supera os 80 dólares e pode alcançar os 100 dólares até ao próximo ano

Petróleo supera os 80 dólares e pode alcançar os 100 dólares até ao próximo ano

Os preços do petróleo estão em máximos de Novembro de 2014. O Brent está a negociar acima dos 80 dólares, animado pela perspectiva de que as sanções que os EUA vão impor ao Irão podem reduzir a oferta no mercado. Para alguns analistas, a cotação pode mesmo alcançar os 100 dólares até ao próximo ano.
Rita Atalaia 24 de setembro de 2018 às 10:21

Os preços do petróleo estão a acelerar nos mercados internacionais. O Brent está a negociar novamente acima dos 80 dólares por barril, animado pela perspectiva de que as sanções que os EUA vão aplicar ao Irão podem levar a uma quebra da oferta. Há mesmo investidores que estimam que a cotação vai alcançar os 100 dólares até ao próximo ano.

 

O Brent, negociado em Londres, está a disparar 2,66% para 80,90 dólares e a tocar máximos de 2014. Já o WTI, em Nova Iorque, valoriza 2,22% para 72,35 dólares.

Além das sanções que os EUA vão impor ao Irão, e que deverão condicionar as exportações do "ouro negro", a resposta "morna" da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) às exigências do presidente norte-americano estão a animar os preços. 

Donald Trump pediu à OPEP que agisse rapidamente para reduzir os preços do petróleo. A este pedido, o ministro saudita da Energia disse apenas que o "plano é responder à procura". O reino prevê aumentar a produção em Setembro e subir novamente em Outubro, referiu. 

 

Preços podem tocar os 100 dólares

 

O Brent está agora a negociar acima da fasquia dos 80 dólares. E os analistas acreditam que esta subida não deve ficar por aqui.

 

A Trafigura e a Mercuria, duas traders de commodities, afirmaram esta segunda-feira, 24 de Setembro, que os preços do petróleo podem alcançar os 100 dólares por barril até ao próximo ano, uma vez que as sanções que os EUA vão aplicar ao Irão vão reduzir a oferta.

 

Podem ser retirados do mercado quase dois milhões de barris por dia como consequência das sanções dos EUA ao Irão até ao final do quarto trimestre deste ano, afirmou Daniel Jaeggi, presidente da Mercuria Energy Trading, admitindo uma subida da cotação até aos 100 dólares.

 

Já Ben Luckock, da Trafigura, disse que os preços do petróleo podem subir para os 90 dólares por barril até ao Natal e para os 100 dólares até ao Ano Novo.

 

O JPMorgan partilha da posição da Trafigura, notando, na sua mais recente perspectiva para o mercado, que "é possível registar-se uma subida para os 90 dólares por barril" nos próximos meses.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI