Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai mais de 2% à espera de reservas recorde nos EUA

Os preços do petróleo estão a prolongar as quedas da última sessão. A matéria-prima cai mais de 2% em Nova Iorque, com o mercado a antecipar que as reservas nos Estados Unidos tenham avançado para um novo recorde.

Bloomberg
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 02 de Fevereiro de 2016 às 09:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os preços do petróleo estão a prolongar a tendência negativa da última sessão. O crude cai mais de 2%, com os investidores a anteciparem um novo aumento das reservas de crude nos Estados Unidos para um novo recorde.


O WTI, negociado em Nova Iorque, lidera as descidas. Cai 2,18% para 30,93 dólares por barril, isto depois de já ter desvalorizado 5,95% na sessão anterior. Já o Brent do Mar do Norte, em Londres, cai 1,81% para 33,62 dólares por barril.


A penalizar as cotações estão mais uma vez os receios que a procura pela matéria-prima continue a baixar, enquanto a produção continua a aumentar. As reservas de crude nos Estados Unidos deverão ter aumentado em 3,75 milhões de barris na última semana, segundas as estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg.


A matéria-prima acumula uma desvalorização superior a 16% em 2016, arrastada pelos receios de que a crise na China leve a uma quebra da procura por combustível naquele que é um dos maiores consumidores de energia do mundo.


Os baixos preços do petróleo estão a penalizar o negócio das empresas do sector. Esta manhã a BP divulgou uma quebra de 91% dos seus resultados no quarto trimestre de 2015, isto depois de a Chevron ter anunciado na última sexta-feira o primeiro prejuízo anual desde 2002.

Ver comentários
Saber mais petróleo Brent WTI crude reservas produção BP Chevron
Mais lidas
Outras Notícias