Petróleo Petróleo sobe 1% à espera de dados das reservas

Petróleo sobe 1% à espera de dados das reservas

O petróleo mantém a tendência volátil, oscilando entre ganhos e perdas, com os investidores a avaliarem o impacto do incêndio do Canadá na oferta e a anteciparem um abrandamento do crescimento das reservas nos Estados Unidos.
Petróleo sobe 1% à espera de dados das reservas
Vera Ramalhete 10 de maio de 2016 às 09:31

O petróleo está a valorizar perto de 1%, em Londres, invertendo a tendência de queda da abertura e da sessão anterior. O incêndio no Canadá, que poderá afectar a produção em um milhão de barris diários, tem contribuído para impulsionar os preços. Além disso, os analistas antecipam um aumento nas reservas na semana passada nos Estados Unidos, mas apontam para a menor subida num mês.

O Brent, negociado em Londres, está a avançar 0,78% para 43,97 dólares por barril. O petróleo que serve de referência para Portugal já avançou um máximo de 1,56% para 44,31 dólares esta terça-feira. Em Nova Iorque, o West Texas Intermediate (WTI) avança 0,35% para 43,59 dólares por barril.

As reservas de matéria-prima nos Estados Unidos deverão ter crescido em 750 mil barris na semana passada, de acordo com uma estimativa recolhida pela Bloomberg, o que seria o menor aumento num mês indica a agência de notícias. Os dados oficiais serão revelados esta quarta-feira.

A puxar pelos preços tem estado também o impacto do incêndio em Alberta na produção de petróleo do Canadá. As petrolíferas a operar na região, como a Shell, a Suncor e a ConocoPhilipps, estão a ponderar retomar as operações, mas o processo poderá demorar ainda várias semanas até estar inteiramente concluído, nota a Reuters.

Ainda assim, a ameaça do incêndio está a diminuir, com a mudança da direcção do fogo, o que levou o Brent a cair 3,84%, esta segunda-feira.

A Arábia Saudita, que tem um novo ministro do petróleo, pode ainda pressionar os preços. Esta terça-feira, a petrolífera estatal SaudiAramco declarou que antecipa um "crescimento significativo" da oferta este ano, indica a Bloomberg.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI