Mercados num minuto Abertura dos mercados: Bolsas, euro e petróleo em queda, ouro avança

Abertura dos mercados: Bolsas, euro e petróleo em queda, ouro avança

As principais praças europeias estão a negociar em queda, partilhando o sentimento já registado ontem pelas praças norte-americanas. O euro alivia dos ganhos registados na última sessão e o petróleo perde terreno.
Abertura dos mercados: Bolsas, euro e petróleo em queda, ouro avança
Reuters

Os mercados em números

PSI-20 desvalorza 0,87% para 4.595,43 pontos

Stoxx 600 recua 0,88% para 372,37 pontos

Nikkei desceu 2,13% para 19.041,38 pontos

"Yield" 10 anos de Portugal recua 7 pontos base para 4,143%

Euro perde 0,26% para 1,0782 dólares

Petróleo desce 0,69% para 50,61dólares por barril em Londres

Bolsas europeias no vermelho

As principais praças europeias estão no vermelho nesta quarta-feira, 22 de Março, acompanhando a tendência já registada ontem pelas praças norte-americanas. Wall Street chegou em queda, com os investidores a começarem a demonstrar algum nervosismo com a ausência de medidas concretas ao nível fiscal e económico.

A administração Trump ainda não apresentou efectivamente o seu plano económico e a especulação que não conseguirá reduzir os impostos como propôs tem desestabilizado os mercados. Nesta quarta-feira, ao nível europeu, dois temas podem estar a captar a atenção dos mercados: a incerteza em torno do desfecho das eleições francesas e o aumento de capital de Deutsche Bank.

Ainda sob o foco da atenção está o aumento de capital de 8.000 milhões de euros do Deutsche Bank com os direitos de subscrição, que dão acesso ao aumento de capital do banco, a negociarem até dia 4 de Abril.

A liderar as quedas no Velho Continente está o principal índice da Holanda, que recua 1,22%, seguido pelo PSI-20, que desce 0,87%. O Stoxx 600, índice de referência, perde 0,88%.

Juros em queda

Os juros da dívida pública portuguesa continuam a descer no mercado secundário. Já ontem, as taxas das obrigações dos países do Sul da Europa desceram após Emmanuel Macron ter sido considerado como o vencedor do debate entre os candidatos à presidência francesa, ficando assim à frente da candidata da extrema-direita Marine Le Pen.


Por esta altura, a dez anos, as "yields" da dívida nacional recuam 7 pontos base para 4,143%. As taxas exigidas pelos investidores para trocarem dívida alemã entre si, perdem 4,8 pontos base para 0,412%.


Euro alivia

Esta terça-feira, o euro chegou a negociar em máximos de seis semanas, também a digerir o favoritismo do candidato centrista às presidenciais francesas e a beneficiar da fraqueza do dólar, perante a ausência de novidades quanto ao pacote de estímulos financeiros de Trump. Esta quarta-feira, a moeda da Zona Euro alivia dessa apreciação, descendo 0,26% para 1,0782 dólares.

Petróleo cai pela terceira sessão influenciado pelos EUA

O valor do barril de petróleo continua em queda nos mercados internacionais, pressionado pelo aumento dos inventários de "ouro negro"nos Estados Unidos. A subida cria especulação, junto dos investidores, de que os esforços feitos pela OPEP através do controlo de produção possam não sejam suficientes para sustentar preços. Na semana que passou, os stocks de petróleo na maior economia do mundo aumentaram em 4,53 milhões de barris, segundo dados do Instituto Americano de Petróleo. Esta quarta-feira são esperados dados da administração norte-americana que mostram um aumento dos inventários para níveis recorde.


Ouro em máximos de três semanas

O preço do metal amarelo beneficia da aversão dos investidores a activos de maior risco, como as acções, e da depreciação do dólar, que enfrenta a maior série de quedas desde Novembro – cinco consecutivas. O valor da onça de ouro sobe 0,19% para 1.247,16 dólares, em máximos de três semanas. Além da aversão a activos de risco, o analista Jingyi Pan, da IG Asia, destaca à Bloomberg que a situação geopolítica – nomeadamente em torno do programa nuclear norte-coreano – "provavelmente continuará a sustentar os preços do ouro". 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI