Mercados num minuto Abertura dos mercados: Bolsas regressam da Páscoa em queda. Petróleo sobe para máximos de seis meses

Abertura dos mercados: Bolsas regressam da Páscoa em queda. Petróleo sobe para máximos de seis meses

Depois de uma pausa prolongada, as bolsas europeias regressaram à negociação em queda ligeira, num dia em que os juros estão em alta, assim como o petróleo.
Abertura dos mercados: Bolsas regressam da Páscoa em queda. Petróleo sobe para máximos de seis meses
EPA
Rita Faria 23 de abril de 2019 às 09:26

Os mercados em números

PSI-20 sobe 0,13% para 5.366,52 pontos

Stoxx 600 perde 0,21% para 389,65 pontos

Nikkei valorizou 0,19% para 22.259,74 pontos

Juros da dívida portuguesa a dez anos sobem 2,6 pontos para 1,178%

Euro recua 0,08% para 1,1248 dólares

Petróleo em Londres sobe 0,35% para 74,30 dólares o barril

 

Bolsas europeias voltam à negociação em queda

Depois de uma pausa prolongada devido às comemorações da Páscoa, as bolsas europeias regressaram à negociação esta terça-feira, 23 de abril, em queda ligeira. Na passada quinta-feira – o último dia em que negociaram – as bolsas completaram sete sessões consecutivas de ganhos e atingiram o valor mais elevado deste agosto.

 

Esta manhã, predomina a cautela nos mercados, com os investidores a aguardarem por indicadores económicos e por uma série de resultados, em particular de empresas norte-americanas.

 

Nesta altura, o índice de referência para a Europa, o Stoxx600, perde 0,21% para 389,65 pontos.

 

O português PSI-20 contraria a tendência com uma subida de 0,13% para 5.366,52 pontos, impulsionada sobretudo pela Galp Energia, que soma 2,32% para 14,745 euros, à boleia da valorização do petróleo.

 

Juros da dívida em alta

Os juros da dívida soberana portuguesa estão a subir em todas as maturidades, acompanhando a tendência de agravamento que se verifica na generalidade dos países do euro. A yield associada às obrigações portuguesas a dez anos avança 2,6 pontos para 1,178%, enquanto em Espanha, no mesmo prazo, a subida é de 2,4 pontos para 1,083%. Em Itália, os juros sobem 3,6 pontos para 2,635% e na Alemanha agravam-se em 2,3 pontos para 0,045%.

 

Euro cai pela segunda sessão

A moeda única europeia está a negociar em queda ligeira face o dólar pela segunda sessão consecutiva, numa altura em que os investidores aguardam pela divulgação de indicadores económicos, como o indicador de confiança dos consumidores da Zona Euro de abril e os números relativos ao rácio da dívida pública sobre o PIB na Zona Euro, em 2018.

 

Nesta altura, o euro cai 0,08% para 1,1248 dólares.

 

Petróleo em máximos de quase seis meses

O petróleo está a subir e a negociar no valor mais alto desde o início de novembro, a reagir expectável quebra da oferta no mercado, que deverá resultar do fim das isenções nas sanções norte-americanas contra o Irão.

 

Ontem, a administração Trump confirmou o fim das isenções concedidas a oito países no ano passado, com o objetivo de reduzir a zero as exportações iranianas de petróleo, uma importante fonte de receita para o governo de Teerão.

Com o fim das isenções, o Irão deverá ter dificuldade em escoar a sua produção, pelo que a oferta no mercado também será reduzida.

 

A decisão dos Estados Unidos levou os preços a dispararem, e as subidas prolongam-se hoje, com a matéria-prima a negociar em máximos de quase seis meses. Nesta altura, o West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, sobe 0,64% para 65,97 dólares, enquanto o Brent, transacionado em Londres, valoriza 0,35% para 74,30 dólares.

 

Ouro em baixa ligeira

O ouro segue em baixa ligeira, com os investidores a aguardarem a divulgação das contas de uma série de empresas nos Estados Unidos – esta será a semana mais preenchida em termos de resultados, com um terço das empresas do S&P500 a reportarem as suas contas – e os dados do PIB do primeiro trimestre, na sexta-feira, para medirem o pulso à economia norte-americana.  

 

Nesta altura, o ouro cai 0,12% para 1.273,46 dólares enquanto a prata desliza 0,34% para 14,9602 dólares.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI