Mercados num minuto Fecho dos mercados: Setor automóvel brilha e impulsiona Europa. Petróleo sobe

Fecho dos mercados: Setor automóvel brilha e impulsiona Europa. Petróleo sobe

No dia em que a fusão entre a Fiat e a Renault voltou ao radar, o setor automóvel brilhou e deu força aos mercados europeus. Divulgação das minutas da Fed e discurso de Jerome Powell, em Jackson Hole, continua a prender a atenção.
Fecho dos mercados: Setor automóvel brilha e impulsiona Europa. Petróleo sobe
Reuters
Gonçalo Almeida 21 de agosto de 2019 às 17:30

Os mercados em números

PSI-20 subiu 0,67% para 4.853,19 pontos

Stoxx 600 avançou 1,21% para 375,80 pontos

S&P500 ganha 0,84% para 2.924,97 pontos

Juros da dívida portuguesa a dez anos sobem 1 ponto base para 0,123%

Euro segue estável nos 1,110 dólares

Petróleo em Londres valoriza 1,23% para 60,77 dólares o barril

 

Setor automóvel impulsiona Europa. Minutas da Fed no radar

A boa prestação do setor automóvel deu força ao Stoxx 600, índice que reúne as 600 maiores cotadas da Europa, que fechou o dia a ganhar 1,21% para 375,80 pontos, renovando máximos de 5 de agosto. A fusão entre a italiana Fiat Chrysler e a francesa Renault voltou a ser negociado, segundo o jornal italiano Il Sole 24, e levou o setor a encabeçar os ganhos setoriais. O setor automóvel subiu mais de 1,5%, num dia em que a Fiat e Renault ganharam mais de 3%.

No radar dos investidores está também a divulgação das minutas da última reunião da Reserva Federal dos Estados Unidos, mais logo, depois de o banco central ter cortado a taxa de juro diretora pela primeira vez em mais de uma década. Os analistas apostam em cortes entre 50 e 75 pontos base nos juros até ao final do ano.

Nos EUA, os principais mercados negoceiam em sintonia com os pares europeus, com os disparos da Target Corp e da Lowe’s, após terem divulgado resultados semestrais melhores do que o esperado, a darem gás à negociação. 

As renovadas tensões nas negociações comerciais entre os EUA e a China, que se prolongam há mais de um ano, trouxeram novos riscos para a saúde da economia global e aumentaram a expectativa sobre o discurso de Jerome Powell, presidente da Fed, na sexta-feira, dia em que estarão reunidos os principais líderes de bancos centrais do mundo, em Jackson Hole.

Por cá, o índice PSI-20, somou 0,67% para 4.853,19 pontos com o BCP e a Galp Energia em destaque pela positiva, enquanto a Nos travou uma maior subida.

Juros de Portugal caem em dia de ida ao mercado

A taxa de juro da dívida soberana de Portugal a dez anos cai 1 ponto base para 0,123%, num dia em que o IGCP foi ao mercado a realizar um duplo leilão de dívida de curto prazo, tendo angariado mil milhões de euros. A três meses foram colocados 250 milhões de euros a uma taxa de -0,563%. Na emissão a 11 meses, foram colocados 750 milhões de euros a uma taxa de -0,557%.

Em Itália, a taxa de juro com a mesma duração cai 4 pontos base para 1,327%, uma queda que está a ter por base a especulação sobre um potencial acordo político em Itália que permita manter uma governação. 

Os juros do Tesouro dos EUA a 10 anos perdem 1,7 pontos base para os 1,572%.

Euro paira perto de mínimos à espera de Itália  

Depois da tempestade de ontem no parlamento italiano, com a demissão do primeiro-ministro, Giuseppe Conte, hoje, a especulação de um acordo político entre o Partido Democrata e o 5-Estrelas está a manter o euro estável nos 1,110 dólares, mantendo-se assim perto de mínimos de mais de dois anos, atingidos no arranque do mês. 

Preços do petróleo sobem após reservas dos EUA terem caído

Hoje, os preços do petróleo valorizam, contrariando a tendência de ontem, após dados do Governo dos EUA terem mostrado uma queda nos "stocks" desta matéria-prima na semana passada superior ao que estava a ser antecipado pelos analistas. O Brent, negociado em Londres e referência para Portugal, sobe 1,23% para 60,77 dólares por barril.

Ouro corrige com receios a diminuir

O ouro perdeu fôlego nesta quarta-feira e cai 0,2% para 1.504,17 dólares por onça, num dia em que os investidores deixaram de se proteger no ativo seguro e foram atraídos pelo risco dos mercados de ações.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI