Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros da dívida descem em todos os prazos em dia de recompra de obrigações

Os juros da dívida pública portuguesa a dez anos negoceiam abaixo dos 3,5% antes de o IGCP realizar uma tripla operação de recompra de obrigações aos investidores.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 25 de Fevereiro de 2016 às 09:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os juros da dívida pública portuguesa estão a descer em todos os prazos, esta quinta-feira, 25 de Fevereiro, dia em que a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai recomprar obrigações aos investidores.

A ‘yield’ associada às obrigações a dez anos desce 2,8 pontos base para 3,437%, enquanto a cinco anos a descida é de 5,1 pontos base para 2,359%.

A tendência de alívio estende-se à generalidade dos países da chamada "periferia" do euro, que continuam a reflectir a expectativa do anúncio de novos estímulos por parte do Banco Central Europeu (BCE) já na próxima reunião de política monetária.

Em Espanha, os juros associados às obrigações a dez anos caem 2,6 pontos base para 1,598%, enquanto em Itália, no mesmo prazo, a queda é de 3,1 pontos para 1,503%.

Na Alemanha, pelo contrário, as ‘yields’ agravam-se ligeiramente nas maturidades mais longas. A dez anos, os juros sobem 0,5 pontos para 0,158%.

Por essa razão, além dos juros, também o risco da dívida portuguesa – medido pela comparação com a dívida alemã – está a descer, esta quinta-feira. Quer isto dizer que o prémio de risco que os investidores estão a exigir para comprar dívida portuguesa em detrimento da alemã (o chamado "spread") está mais baixo, situando-se nos 324,5 pontos.

Esta quinta-feira, o IGCP vai realizar uma tripla operação de recompra de obrigações com maturidades em 2017, 2018 e 2019. Segundo os analistas, tendo em conta as elevadas necessidades de financiamento este ano, o Tesouro deverá aplicar um máximo de mil milhões de euros. Ainda assim, consegue reduzir a pressão de reembolsos nos próximos anos.

Ver comentários
Saber mais Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública IGCP Banco Central Europeu Espanha Itália Alemanha mercado de dívida
Mais lidas
Outras Notícias