Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody’s coloca Rússia no "lixo"

A agência de notação financeira Moody’s cortou o rating da dívida de longo prazo da Rússia para o primeiro nível da categoria especulativa, nomeadamente devido à crise na Ucrânia.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 20 de Fevereiro de 2015 às 22:06
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A Moody’s reduziu a classificação da dívida soberana russa para Ba1, que é o primeiro nível de lixo. Ou seja, entrou na categoria de investimento especulativo, em que há mais riscos no reembolso da dívida.

 

A justificar a decisão está a contínua crise na Ucrânia e os recentes choques na taxa de câmbio e no preço do petróleo, que deverão minar ainda mais a solidez económica do país e as suas perspectivas de crescimento de médio prazo, salienta a agência no relatório divulgado esta sexta-feira.

 

Entre outros factores está também a convicção da Moody’s de que a solidez financeira do governo irá diminuir materialmente, em resultado das pressões orçamentais e da permanente erosão das reservas da Rússia em divisas estrangeiras, à luz das fugas de capital e do acesso restringido aos mercados de capitais internacionais, acrescenta a agência.

 

Existe também um crescente risco de que a resposta internacional ao conflito militar na Ucrânia leve a uma decisão por parte das autoridades russas que possa minar, directa ou indirectamente, os reembolsos da dívida nos devidos prazos, sublinha a Moody’s.

 

A agência diz que não prevê subir o rating soberano da Rússia no curto prazo, uma vez que estima uma profunda recessão no país, no âmbito de uma contínua contracção que continuará a ser visível em 2016, bem como uma possível deterioração, nos próximos anos, das métricas da dívida.

Ver comentários
Saber mais Rússia Moody's rating
Outras Notícias